“Quero um programa dos dois”, diz Lucas, participante gêmeo do The Circle

Marcel e Lucas Blazute falam sobre seu futuro na mídia após o fim do reality da Netflix

Publicado há 9 meses
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sucesso absoluto no catálogo da Netflix, o reality show The Circle Brasil representou, para os gêmeos Lucas e Marcel Blazute, de 29 anos, mais do que o mero alçar-se à fama. Vivendo há mais de um ano separados – Marcel mudou-se há algum tempo para São Paulo, enquanto Luca segue no Acre, onde ambos nasceram -, eles tiveram que reaprender a conviver dentro de um apartamento onde só tinham um ao outro para interagir.

Depois de um tempo, você não aguenta mais ver a pessoa! Graças a Deus a edição não mostrou todas as brigas, senão o programa seria só isso“, revelou Lucas, bem-humorado, em entrevista ao portal UOL. “A gente não podia ficar brigando o tempo todo. Irmão tem essa coisa, de um não olhar na cara do outro, mas lá a gente tinha que sorrir, fingir que estava tudo bem“, recordou Marcel.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Como bem se lembrará quem assistiu ao programa, os dois irmãos usaram as próprias iniciais para criar Luma, um perfil fake feminino com o qual interagiam com os outros participantes. O fato de não mostrarem a cara, para Lucas, refletiu diretamente na postura que adotaram durante o jogo.

Isso nos ajudou a não ser tão cruel, não julgar tanto, não fazer tudo pelo jogo. A gente pensou que a Luma faria tudo pelo jogo, trairia outras pessoas. Mas não conseguimos“, admite o bonitão, que, assim como seu irmão, é homossexual assumido.

São tribos muito diferentes. Achei muito bem pensado. Isso atrai um público muito maior ao programa“, analisa, sobre a questão da representatividade. “O elenco tinha bissexual, gay afeminado, gay padrão. Foi gratificante ver o quanto a nossa turma estava bem representada“, concorda Marcel.

Vem mais por aí!

Aproveitando cada segundo do gostinho da fama, Marcel e Lucas querem fazer de seus ‘quinze minutos’ algo bem mais duradouro. “Nossas redes sociais tiveram um boom que eu nem esperava. As pessoas estavam cobrando um canal de YouTube nosso, mas minha vontade é um programa dos dois“, confessa Lucas, à espera de que o irmão se mude para São Paulo a fim de iniciarem um projeto mais concreto juntos.

Será que Marcel topa a empreitada? “O que acontecer, eu estou indo. Não tenho medo de mudanças. A gente quer continuar na mídia para aproveitar esse retorno positivo“, adianta o rapaz.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio