Quem foram e como estão os primeiros eliminados das vinte temporadas do Big Brother Brasil

Eles não agradaram o público e deixaram o programa logo na primeira semana

Publicado há 2 dias
Por Camile Brito
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Você se lembra de todos os participantes que já passaram pelas 20 edições do Big Brother Brasil? Os ganhadores ou aqueles que mais marcaram com certeza, mas e os primeiros eliminados? Aqueles que mal tiveram tempo de se apresentarem ao público e já saíram do programa.

O que será que eles fizeram durante a primeira semana que desagradou tanto o telespectador, resultando na eliminação precoce e o fim na disputa pelo prêmio milionário?

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Relembre agora quem foram eles, os motivos que os levaram a sair e como estão os primeiros eliminados do Big Brother Brasil.

Caetano Zonaro

A primeira eliminação do BBB1, no ano de 2002, foi Caetano Zonaro com 55% dos votos. O motivo de sua saída foi apenas a falta de interação com os demais participantes. Hoje, Caetano é publicitário e diretor da revista Vitrine Fashion.

Rita Sinara

Eliminada com 55%, a vontade de Rita ao entrar no Big Brother Brasil em 2003, era de ganhar o prêmio para fazer uma inseminação artificial. Entretanto com a sua saída, a ex-sister ganhou o procedimento no programa Domingão do Faustão. Rita acredita que foi escolhida para o paredão porque não era o padrão da casa:

“Eu era uma pessoa completamente fora do contexto da casa. Não tinha o corpo bonitinho

Hoje, ela seguiu com a carreira holística e se tornou terapeuta na Inspiração Consciente.

Samantha Barradas e Paulo Roberto

No ano seguinte, tiveram duas eliminações na mesma semana. Samantha Barradas com 79% dos votos e Paulo Roberto com 55%. Samantha era considerada pelos participantes, e também pelo público, uma pessoa difícil e briguenta. Hoje é bi-campeã pan-americana e personal trainer nos Estados Unidos. Paulo Roberto voltou ao anonimato.

Tatiana Giordiano

A primeira eliminada do BBB 4 foi Tatiana Giordiano com 62% de rejeição, a boxeadora, foi protagonista de diversas brigas durante a sua estadia na casa, inclusive com a par de paredão, Juliana. Atualmente, além do boxe, Tatiana faz crossfit.

Tatiana Jordão antes e depois (Reprodução: TV e Famosos)

Juliana Brandão

Com uma diferença mínima do adversário Jean Wyllys, Juliana Brandão foi a 5ª eliminada do Big Brother Brasil com 50,49% dos votos, refletindo apenas na falta de destaque da ex-sister no programa. Com 16 mil seguidores no Instagram, Juliana tornou-se influencer e fotógrafa.

Juliana Canabarro

Em 2006, Juliana Canabarro também não conseguiu atrair o público e mesmo com uma pequena diferença, a atual policial civil e jornalista foi eliminada com 52%.

Juliana Canabarro (Reprodução: TV e Famosos)

Juliana Regueiro

Após 48 horas da estreia, Juliana Regueiro foi tirada do programa com 50% dos votos. Entretanto, o reality fez uma repescagem entre ela e o também eliminado no mesmo dia, Airton, porém apenas ele voltou à casa. Não temos acesso ao que Juliana faz atualmente, pois, ela optou pelo anonimato.

Juliana Regueiro (Reprodução: TV e Famosos)

Jaque Khury

Com um dos maiores índices de rejeição, Jaque Khury saiu com 87%. Contudo, em entrevista, a ex-sister afirma que entrou apenas pela chance de ficar famosa e posar nua. “Eu me inscrevi para ficar famosa, posar nua.” E conseguiu, foi capa da Playboy em 2008. Atualmente, Jaque é influenciadora digital e apresentadora da Tv Walter Abrahão na TV a cabo.

Michelle Costa

Em 2009 com 52% dos votos, foi vez de Michelle Costa ser eliminada do Big Brother Brasil. A ex-estudante de direito se tornou atriz, inclusive com participação na novela Totalmente Demais, exibida pela Rede Globo em 2015.

Joseane Oliveira

Joseane Oliveira, tentou a sorte duas vezes, porém foi eliminada em ambas e com menos de um mês. Na primeira tentativa, em 2002, saiu na segunda semana. Em 2010, o público adiantou a sua saída para a primeira com 61% de rejeição. Hoje, Joseane é dj e administradora.

Ariadna Arantes

O BBB11 foi marcado pela eliminação da ex-sister Ariadna Arantes com 50% dos votos. Ariadna é transexual e acredita que este tenha sido o motivo de sua eliminação.

“Era um tempo em que as pessoas não me conheciam, me pré-julgavam. Não tinha o apoio necessário que teria hoje. As mulheres que tem essa história de vida, que passaram pela transição.

A sociedade espera somente vê-las na beira da estrada, se prostituindo e envolvidas em escândalos. Não quer ver a trans no auge, bem vestida e em uma boa posição”

Atualmente, Ariadna é influencer digital e maquiadora.

Analice Souza

Com um índice de rejeição considerado baixo, Analice Silva foi a 12ª eliminada do Big Brother Brasil com 52% . Acredita ter sido votada pelo fato de ser bissexual e atéia.

“Eu já cheguei com uma carga muito grande de exceções. Assumi ser bissexual. (…) E eu sou ateia, falei isso lá, querendo ou não. No Brasil é assim, você pode ser tudo, desde que seja cristão.”

Feminista, advogada e cientista política, Analice é também dona do Bar Oliver.

Aline Souza

Com 77% dos votos, acredita-se que o fato da eliminação  de Aline Souza, foi a briga com Kléber Bambam. Com uma conta privada, a ex-sister prefere se manter longe das câmeras.

Aline Souza (Reprodução: TV e Famosos)

João Almeida

Com um paredão triplo entre Diego, João e Valter, em 2014, João Almeida foi eliminado com uma rejeição de 49%  em 48 horas. Cartomante, hoje, usa o Instagram para conselhos e consultas.

Francieli Medeiros

A ex-conciliadora criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, entrou no Big Brother Brasil em 2015 e foi eliminada com 58% . Acredita-se que o motivo tenha sido pelas afirmações que fez durante a chamada do programa. A qual alegava que faria amigos, para depois queimá-los.

A ex-sister além de perder a vaga na casa, também foi exonerada do cargo por ter usado a sala de audiência do Tribunal sem autorização. Hoje, Francieli, atua exclusivamente como advogada.

Harumi Ishihara

Quando participou do BBB em 2016, Harumi tinha 64 anos e foi a primeira eliminada com 58%, pois não se enturmou com os demais. Jornalista e influenciadora — muito fofa, por sinal — no Instagram, Harumi tem 22 mil seguidores e é consultora de marketing.

Gabriela Flor

Gabriela foi eliminada com 59% de rejeição e após a confirmação de saída ficou em uma clima embaraçoso com os colegas quando disse que estava feliz em sair. Modelo e professora de pilates, Gabriela usa as redes sociais para expor seu trabalho.

Mara Telles

Revolucionária, Mara Teles é cientista política e professora na Universidade Federal de Minas Gerais. Participou do reality em 2018 e foi eliminada com 55% dos votos, provavelmente, pela sua visão antagônica à política brasileira.

Vinicius Fernandes

A primeira eliminação do Big Brother Brasil 2019 foi diferente. Dessa vez a votação era do menos para o mais preferido da casa, e aquele que tivesse menos votos, saíria.

Que foi o caso do Vinícius, com apenas 3,7% de preferência, o ex-brother foi o primeiro eliminado daquele ano. Artista plástico, usa o instagram para exibir sua arte.

Lucas Chumbo

A edição 20 do BBB deu o que falar sobre os posicionamentos machistas de alguns homens do reality e a consequência de todos foi a eliminação. O primeiro a sofrer com o resultado foi Lucas Chumbo, eliminado com 75%. Atualmente, ele voltou a surfar e conquista títulos de melhor performance e outros.

Agora que relembramos todos os que foram eliminados na primeira semana do Big Brother Brasil. Marque na agenda: dia 25 de janeiro é a estreia da 21ª edição do reality e em breve faremos uma resenha sobre o primeiro eliminado.

E não se esqueça: a cobertura completa do BBB 21, você confere no Observatório da TV.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio