Quase nada ou pouca coisa: quanto o Cruzeiro vai receber da TV após cair para a Série B

Publicado há um ano
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Rebaixado para a Série B pela primeira vez em sua gloriosa história, o Cruzeiro está em maus lençóis. Em 2020, o clube jogará a segunda divisão do futebol nacional e terá uma grande queda nas receitas de televisão. O clube tem duas opções de dinheiro a receber da televisão. Mas as duas são bem complicadas.

Neste ano, o Cruzeiro recebeu da Globo cerca de R$ 90 milhões. O seu contrato de Série A iria até 2024. O grande problema é que o clube adiantou cotas de televisão com a Globo até o ano de 2021, contabilizando que ficaria na primeira divisão nesse período.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mas a queda faz o clube ter de ficar devendo para a Globo os valores adiantados. A tendência é que aconteça o que ocorreu recentemente com o Sport, que caiu de divisão e havia pedido cotas adiantadas para a emissora. A divida foi renegociada para que o clube pernambucano pagasse a sua dívida assim que voltasse para a primeira divisão.

Quais as opções do Cruzeiro em verba de TV na Série B em 2020

O Cruzeiro pode escolher entre duas opções. A primeira delas é assinar um contrato de transmissão da Série B conjunto feito por intermédio da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) com a Globo. Cada clube recebe um valor igual – R$ 6 milhões – sem a possibilidade de renegociação por um valor maior.

A segunda delas é abrir mão desse valor conjunto e ficar apenas com o contrato do que arrecadar dos assinantes do pay-per-view. Ou seja, o Cruzeiro só receberia o dinheiro de quem assinasse e se declarasse torcedor do clube mineiro. Mas esse valor total estimado em, no máximo, R$ 18 milhões. Muito longe dos R$ 90 milhões que ganhou neste ano.

Com dívidas estimadas na casa dos R$ 700 milhões, o Cruzeiro terá um longo caminho pela frente. E a escolha é por quase nada ou pouca coisa. Se depender da TV, o Cruzeiro não resolverá os seus problemas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio