PT, PDT e PSOL se ‘unem’ e pedem a cassação da Globo; entenda o caso

Publicado há 3 anos
Por Philippe Azevedo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os depoimentos de Alejandro Burzaco, que citam grupos importantes de comunicação no caso Fifa, como Globo e Televisa, foram utilizados como base de argumentos dos partidos PT, PDT e Psol, que entraram com uma ação no Cade (Conselho de Administrativo de Defesa Econômica) contra o canal dos Marinhos.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, as legendas pedem que o órgão antitruste verifique se a Globo feriu a lei de Defesa de Concorrência neste caso, que envolveu supostos pagamentos de propina para obter os direitos de transmissão de torneios internacionais.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Além disso, os partidos pedem uma investigação direta do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e, se necessário, a cassação da TV, caso seja comprovado as irregularidades.

Em nota, a Globo disse que não pode “comentar sobre o que não fomos notificados ou oficialmente informados. Mas aproveitamos para reafirmar o que já dissemos, que o Grupo Globo não pratica nem tolera qualquer tipo de propina e está sempre à disposição das autoridades”.

Na semana passada, a Globo foi citada por Alejandro Burzaco entre as participantes de um verdadeiro escândalo envolvendo pagamento de propina a dirigentes da Confederação Brasileira de Futebol, da Conmebol e da Fifa. A emissora negou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais