Protagonista de Ouro Verde, novela portuguesa da Band, é brasileira de nascença: “Legal me conectar com os dois países”

Publicado há um ano
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A chegara de Ouro Verde, novela portuguesa vencedora do Emmy Internacional, à TV brasileira pela Band tem um sabor todo especial para a atriz Joana de Verona, protagonista do folhetim. Nascida no estado brasileiro do Maranhão, ela mudou-se com a família para Portugal ainda bebê e fez carreira por lá. Nunca, porém, deixou de lado suas raízes tropicais.

“É legal me conectar com os dois países através do meu trabalho. Ainda tive a sorte de contracenar com Zezé Motta no meu núcleo, que interpreta minha quase avó na história. O enredo gira em torno de Bia, uma ativista ecológica defensora de causas humanitárias. Com isso aprendi bastante sobre todos esses temas, foi enriquecedor viver a personagem. Amei estar entre os índios, nadar com os botos, mergulhar no rio Negro… Espero que o público goste. Guardo esse projeto com muito carinho”, vislumbrou ela, em entrevista à coluna do jornalista Flávio Ricco.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Espero que a história seja bem recebida [no Brasil]. Foi muito especial fazer essa novela que trata da relação entre Portugal e Brasil, mais precisamente entre Lisboa e Manaus. Quando comecei a gravar, tive um entusiasmo não só pela história em si, mas por poder também fazer essa ponte, ainda mais sendo uma atriz luso-brasileira”, revelou.

Ouro Verde tem estreia prevista para julho na tela da Band. A trama escrita por Maria João Costa, considerada ‘a Glória Perez lusitana’, vai substituir a novela turca Minha Vida, que tem registrado índices medianos de audiência no Ibope do Morumbi.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio