Projeto de lei quer dar nome de Gugu Liberato para rodovia de São Paulo

Publicado há um ano
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um projeto de lei proposto pelo deputado estadual Coronel Telhada (PP-SP) quer dar o nome do apresentador Gugu Liberato (1959-2019) para um túnel do Rodoanel localizado na região de Mauá, na Grande SP. O projeto foi apresentado e publicado na edição desta segunda-feira (16) do Diário Oficial do Estado de São Paulo.

O projeto se baseia na grande obra do apresentador, que faleceu no fim de novembro em um acidente doméstico em sua casa em Orlando (EUA), para aprovar a homenagem. Tal túnel que ganharia o nome de Gugu fica localizada nos Kms 96 e 96+800 do Rodoanel, e dá acesso ao litoral de São Paulo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Portanto, conto com o apoio dos Nobres Pares para aprovação do presente Projeto, que reputo de interesse público traduzido em reconhecimento ao apresentador Gugu Liberato”, diz o projeto. Ainda não se tem uma data para quando tal ideia entrará em votação, mas tal homenagem deve entrar em plenário apenas em 2020, após o recesso de fim de ano.

Gugu Liberato nasceu em São Paulo, no dia 10 de abril de 1959. Seu primeiro emprego efetivo foi como office-boy, porém, nessa mesma época ele tinha gosto por programas de auditório. Gugu, nas horas vagas, escrevia cartas com ideias de brincadeiras para o programa de seu grande ídolo, o comunicador Silvio Santos.

Depois de conseguir o reconhecimento do maior comunicador do país, em 1981 Gugu fez sua estreia à frente das câmeras com um programa de auditório no SBT. Em 1987, veio um dos grandes episódios de sua vida, o convite da Globo. Gugu chegou a assinar contrato com a emissora da família Marinho, mas, Silvio Santos surpreendentemente teve uma conversa com Roberto Marinho, pedindo o apresentador de volta.

Gugu Liberato morreu no último dia 22 de novembro

Após um acordo, Marinho liberou Gugu do contrato e ele retornou ao SBT ganhando um salário muito maior e mais tempo na programação. Nos anos seguintes Gugu Liberato colecionou programas e foi líder de audiência por muitos anos com Viva a Noite, Passa ou Repassa, TV Animal, Sabadão Sertanejo e, encerrando seu ciclo no SBT, com o Domingo Legal.

Em 2009, após fechar contrato milionário com a Record TV, o apresentador estreou o Programa do Gugu. Na mesma emissora, Gugu também apresentou duas temporadas do Power Couple Brasil e duas temporadas do Canta Comigo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio