Projeto de lei quer dar nome de Gugu Liberato para rodovia de São Paulo

Publicado há 9 meses
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um projeto de lei proposto pelo deputado estadual Coronel Telhada (PP-SP) quer dar o nome do apresentador Gugu Liberato (1959-2019) para um túnel do Rodoanel localizado na região de Mauá, na Grande SP. O projeto foi apresentado e publicado na edição desta segunda-feira (16) do Diário Oficial do Estado de São Paulo.

O projeto se baseia na grande obra do apresentador, que faleceu no fim de novembro em um acidente doméstico em sua casa em Orlando (EUA), para aprovar a homenagem. Tal túnel que ganharia o nome de Gugu fica localizada nos Kms 96 e 96+800 do Rodoanel, e dá acesso ao litoral de São Paulo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Portanto, conto com o apoio dos Nobres Pares para aprovação do presente Projeto, que reputo de interesse público traduzido em reconhecimento ao apresentador Gugu Liberato”, diz o projeto. Ainda não se tem uma data para quando tal ideia entrará em votação, mas tal homenagem deve entrar em plenário apenas em 2020, após o recesso de fim de ano.

Gugu Liberato nasceu em São Paulo, no dia 10 de abril de 1959. Seu primeiro emprego efetivo foi como office-boy, porém, nessa mesma época ele tinha gosto por programas de auditório. Gugu, nas horas vagas, escrevia cartas com ideias de brincadeiras para o programa de seu grande ídolo, o comunicador Silvio Santos.

Depois de conseguir o reconhecimento do maior comunicador do país, em 1981 Gugu fez sua estreia à frente das câmeras com um programa de auditório no SBT. Em 1987, veio um dos grandes episódios de sua vida, o convite da Globo. Gugu chegou a assinar contrato com a emissora da família Marinho, mas, Silvio Santos surpreendentemente teve uma conversa com Roberto Marinho, pedindo o apresentador de volta.

Gugu Liberato morreu no último dia 22 de novembro

Após um acordo, Marinho liberou Gugu do contrato e ele retornou ao SBT ganhando um salário muito maior e mais tempo na programação. Nos anos seguintes Gugu Liberato colecionou programas e foi líder de audiência por muitos anos com Viva a Noite, Passa ou Repassa, TV Animal, Sabadão Sertanejo e, encerrando seu ciclo no SBT, com o Domingo Legal.

Em 2009, após fechar contrato milionário com a Record TV, o apresentador estreou o Programa do Gugu. Na mesma emissora, Gugu também apresentou duas temporadas do Power Couple Brasil e duas temporadas do Canta Comigo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais