Programa Reverbera recebe a banda Picassos Falsos para apresentação exclusiva

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Nunca tivemos a intenção de continuar sendo aquela banda dos anos 80 que as pessoas querem ouvir porque ouviram o que tocou no rádio naquela época”, afirma o guitarrista Gustavo Corsi. “A gente quer – com esse disco novo, com essas ideias novas e com os próximos shows – que mais gente conheça e se interesse por esta banda.”

É com espírito progressista que a banda Picassos Falsos, sucesso do rock carioca nos anos 1980, apresenta no programa Reverbera, ao ar pela TV Brasil, às 13h30 – algumas canções de seu quarto e mais recente álbum: “Nem tudo pode se ver.” Das dez faixas, nove são inéditas e uma é a regravação de “Pavão Mysteriozo”, de Ednardo (1974).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Paranormalidade é o tema do Documento Verdade desta sexta-feira

“No começo dos anos 2000, havia um ‘revival’ dos anos 80. Na época, combinamos que andaríamos para frente, que não ficaríamos nesse mundo ‘ploc’. Seja com releitura de outros artistas ou material nosso, nós andamos para frente”, reforça o baixista Romanholli.

Entre as canções que a banda leva ao programa, estão “Enigma”, “Últimos Carnavais”, “Marlene” e sucessos antigos, como “Quadrinhos.” Em atividade desde 1985, o grupo Picassos Falsos é formado por Abílio Azambuja (bateria), Romanholli (baixo), Humberto Effe (voz e violão) e Gustavo Corsi (guitarra, violão).

Com duração de 26 minutos, cada edição do Reverbera traz a performance e um breve depoimento de um artista ou banda.

Serviço:
Reverbera com Picassos Falsos.
Sexta-feira, 29 de setembro, à meia-noite, na TV Brasil.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio