Profissão Repórter acompanha dia a dia de pessoas obesas

Publicado em 28/06/2017

Rogi, Fernanda, Gabi e Akeen. Apesar de não se conhecerem, os quatro fazem parte de uma estatística que se estende pelo território nacional: cerca de 52% da população brasileira está em sobrepeso, segundo dados do Ministério da Saúde. Para mostrar o dia a dia de pessoas que lidam com a obesidade, o ‘Profissão Repórter’ desta quarta-feira, dia 28, acompanha a história de cada um e exibe os desafios relacionados ao peso.

Rogi Cezarino vive no Espírito Santo, onde faz o curso de administração. O jovem, de 29 anos, conta à repórter Mayara Teixeira sua dificuldade em lidar com tarefas básicas do cotidiano por conta de seus 208 quilos. Atividades como ir ao banheiro, pegar ônibus, sentar na cadeira da faculdade e comprar roupas são mais difíceis de serem executadas. Só nos últimos dois anos, Rogi diz que ganhou 40 quilos devido a uma depressão e à necessidade de abandonar seu time de futebol americano, em que o peso e o tamanho eram seus grandes trunfos.

Também aos 29 anos, Fernanda está em uma dura batalha para perder 20 quilos até o Natal. Na reportagem de Eliane Scardovelli, a professora mostra que já perdeu cerca de sete quilos mesmo sem o apoio do marido, e desabafa sobre os incômodos que sente ao ser cobrada e ao ouvir piadas feitas pela família.

O programa mostra ainda os modelos plus size no mundo da moda. O repórter Erik Von Poser conversa com Gabi Caroli, modelo que deixou a área de gestão ambiental para se tornar uma das modelos plus size mais requisitadas do mercado, e prova que os desfiles deixaram de ser território exclusivo dos magérrimos. “Fui descoberta por acaso e essa nova carreira me trouxe mais dinheiro e autoconfiança”, diz Gabi. Além dela, a equipe do ‘Profissão Repórter’ conhece também Akeen dos Santos, outro modelo que se divide entre as sessões de fotos durante e o dia e os plantões como enfermeiro à noite.

O ‘Profissão Repórter’ vai ao ar às quartas-feiras, depois do futebol.