Professor Afrânio de Malhação, ator diz ter sido demitido da Globo após ser flagrado pela polícia com maconha

Publicado há 2 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Conhecido por ter vivido o professor de biologia Afrânio durante seis temporadas de Malhação, Charles Paraventi declarou ter sido demitido em 2007 da TV Globo após ser atuado em 2006 com maconha duas vezes pela polícia do Rio de Janeiro.

Leia: Danilo Mesquita deve ser o protagonista da nova temporada de Malhação

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Se eu fosse rapper, teria vendido milhões de discos. Mas eu estava em Malhação e me deram uma botina na bunda. Falaram que foi por isso. Fiquei muito mal. Depois começaram os e-mails de pais muito chateados, falando coisas como ‘Você me enganou’, ‘Minha filha estava cursando Biologia por sua causa e largou’”, revelou o astro ao Notícias da TV.

Saiba mais: Malhação 2007 estreia no Canal VIVA; relembre a história da temporada

“Eu tenho certeza que decepcionei muita gente e fiquei muito magoado com isso. Sei qual é a responsabilidade de fazer um personagem em que as pessoas acreditam e depois dar um mole desse”, lamentou o artista.

O ator afirmou que por ser uma pessoa pública, passou a ter mais cuidado. “Hoje eu piso em ovos, tenho um chinelo de casca de ovo. Tem que ser. Você está ali na frente [do público], não pode dar mole. Antigamente eu saía com cerveja na mão, não faço mais isso, cuido mais do visual. Eu caí, e a ficha caiu. Senão, ninguém paga pra me ver”, concluiu Paraventi.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio