Entrevista

Prestes a comemorar 70 anos, Lulu Santos recebe o Fantástico em casa neste domingo

Poliana Abritta entrevista o intérprete de Tempos Modernos

Publicado em 21/04/2023

Hoje o tempo voa, amor. Escorre pelas mãos. Mesmo sem se sentir…” Quando compôs a letra de Tempos Modernos, em 1982, Lulu Santos não imaginava que mais de quatro décadas depois ele poderia ser a personificação do que escreveu.

Prestes a completar 70 anos, o artista abre as portas de sua casa para a repórter da Globo, Poliana Abritta, em entrevista que vai ao ar no Fantástico deste domingo (23), e fala sobre as mudanças trazidas pelo tempo.

Claro que a pele, o joelho, o quadril, um pouco a voz, estão diferentes. Por isso a acomodação da tonalidade também, em vez de tentar gastar minha voz, me esganiçando para tentar alcançar a tonalidade que eu dava a 40 anos atrás”, avisa Lulu Santos.

O cantor está preparando a turnê Barítono, que mescla grandes sucessos da carreira com músicas inéditas e estreia em junho no Brasil – o primeiro show dela será em 12 de maio, em Miami, passando por outros lugares dos Estados Unidos, como Orlando, Chicago, Atlanta, a capital Washington, Boston, Los Angeles e Nova York. 

Antes disso, Lulu vai comemorar o seu aniversário com um show especial no dia 4 de maio, no Rio de Janeiro, com uma plateia recheada de amigos e convidados especiais, com transmissão ao vivo para não assinantes no Globoplay e pelo Multishow.

Os melhores momentos do show também serão transmitidos pela TV Globo no dia 7 de maio, logo depois do Altas Horas, sob o comando de Fátima Bernardes. 

Ao Fantástico, Luiz Maurício Pragana dos Santos conta que recebeu da avó o apelido de Lulu e que tinha pavor só de pensar na possibilidade de a alcunha em algum momento chegar aos ouvidos dos amigos da escola, na Praça da República, em São Paulo. Ele também recorda na entrevista de uma história curiosa.

No jardim de infância, um dia, durante o recreio, o portão do colégio estava entreaberto e passou uma banda anunciando a chegada de um circo. Eu fui atrás e não me lembro de voltar. Claro que isso aconteceu, mas eu também me dou o direito de dizer que Luiz Maurício voltou, já Lulu Santos seguiu com o circo”, brinca. 

Também neste domingo, a repórter Giuliana Girardi dá início à segunda temporada da série Bichos na Escuta: Meu Trabalho é Animal. A personagem de estreia é Giovanna, uma arquiteta que resolveu abandonar a profissão e se arriscar em um projeto ousado, alimentado por sua grande paixão: abrir um cat café, um espaço temático que oferece um grande número de felinos para os clientes interagirem.

A empreendedora já tinha os bichanos em casa, mas quis ir além. Abraçou o sonho até transformá-lo em realidade, inspirada em espaços que visitou no Japão – onde essa proposta é popular –, Madri, Barcelona e Paris. “Aqui tem uma vitrine onde os clientes ficam vendo a área dos gatinhos. Então, você pode comer na cafeteria e ficar vendo eles brincando e interagindo com as outras pessoas”, explica Giovanna.

Domingo também é o Dia Mundial do Livro. No segundo episódio de Book Fant, Maju Coutinho conversa com dois autores brasileiros. Autora de Conectadas, Clara Alves viu seu romance estourar após ser compartilhado nas redes sociais.

A história traz o amor de Raíssa e Ayla, que se apaixonam pelas telas de jogos na internet. Vitor Martins, finalista do Prêmio Jabuti do ano passado, também participa com o sucesso Se A Casa Oito Falasse. Ambos autores trazem a temática LGBT para as suas obras. 

O Fantástico deste domingo começa logo depois do Domingão com Huck.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade