“Prefiro comer olho de cabra do que carregar peso”, opina André Marques sobre No Limite

O apresentador também será técnico das provas

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ansioso para a estreia de No Limite, prevista para maio, André Marques já iniciou os preparativos para as gravações do reality show. O apresentador lembrou de um desafio que ficou marcado na mente do público: Comer olho de cabra na Prova Banquete. Para ele, é melhor encarar o alimento a carregar algo pesado.

Prefiro comer olho de cabra do que carregar um peso nas costas. Deve ter um gosto amarguinho igual ao olho de peixe. Comi e já foi. Agora, ficar na mesma posição sem se mexer tantas horas não dá, tem que ter cabeça. Se o chefe falar pra gente comer olho de cabra, a gente come“, disse, em entrevista ao site do Domingão do Faustão.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após apresentar o The Voice+ por alguns meses, André Marques enfrenta este novo desafio, no qual ele também é técnico das provas. “A gravação é muito cedo, muitas provas, tem deslocamentos. Apresento, mas sou técnico da prova, tenho que prestar atenção em tudo, tem que estar de olho no que está acontecendo, então tem um desgaste físico, não igual ao deles, mas maior do que está dentro do estúdio fazendo o The Voice“, avaliou.

Ele ainda revelou que engordou na quarentena e que precisou se cuidar mais. “No início, engordei uns 7 ou 8kg. Pensei: ‘se for nesse ritmo, ferrou’. Dei uma diminuída, continuo cozinhando bastante, mas estou segurando um pouco mais a mão. Voltei a caminhar agora que vai começar o No Limite, vai começar as gravações”, relatou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio