Popstar passa a ser ao vivo nesta semana

Publicado há um ano
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Voz marcante, afinação, carisma, presença de palco, alegria, emoção. São muitos os atributos para ser uma estrela da música. E, a partir do próximo domingo, dia 10 de novembro, quando o Popstar passa a ser ao vivo, a competição vai exigir de seus 13 participantes mais um talento: controlar a ansiedade e o frio na barriga para garantir boas apresentações e, consequentemente, notas altas dos especialistas, da plateia interativa e também do público, que agora pode votar em sua apresentação preferida, pelo site do programa.

E as expectativas dos 13 talentos que estão na disputa pelo título de popstar são muitas. E altas. Babi conta que “a expectativa para essa jornada é a melhor possível. Tenho certeza que será um tempo de alegria e da busca por superação de limites na minha história profissional”, diz.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Claudia Ohana conta que sua palavra de ordem agora é superação. “Este é meu grande foco. Quero melhorar minha performance e, claro, me divertir. Agora que já conheço mais o palco, quero estar mais livre nele nas minhas próximas apresentações”, fala a atriz.

O repórter Danilo Vieira, por sua vez, também admite estar ansioso. “Quero muito cantar a música que escolhi e estou doido também para reencontrar as pessoas do programa. Espero fazer uma boa apresentação e tenho bolado planos para que cada apresentação seja melhor que a anterior”, revela.

Quem também está na contagem regressiva para o retorno ao palco é Eriberto Leão. “Já estou com muitas saudades. Não vejo a hora de mandar a terceira música. Sou apaixonado pelas canções que estão no meu repertório e todas estão conectadas. Estou fazendo cada show com muita verdade e muito amor”, conta.

Expectativa nas alturas também tem George Sauma. “Minha animação para o ao vivo está muito grande. Acredito que vá ser um momento intenso e importante para todos nós. Vamos entender essa repercussão na hora que o show vai estar acontecendo. Para o primeiro ao vivo, preparei uma música bem divertida e animada e estou muito contente em encarar esse desafio, agora ao vivo e a cores”, fala.

Frio na barriga

Helga Nemetik e Jakson Follmann, os dois primeiros colocados no ranking atual, comemoram o resultado até o momento e falam sobre a votação do público. “Como o pessoal de casa começa a votar a partir do ao vivo, a expectativa fica ainda mais alta. No programa, o retorno da plateia é imediato e, a partir da semana que vem, vamos ter o feedback também do pessoal que assiste de fora. Até o momento, tenho sido muito bem recebida por todo mundo e estou muito feliz com esse retorno”, vibra a artista.

Já o atleta fala sobre sua escolha para o próximo programa. “Estou superansioso porque minha música neste primeiro programa ao vivo é muito especial para mim e para minha esposa. Acho que vai ser mais uma apresentação muito emocionante, porque é uma música que transmite muita paz. Espero que todo mundo goste”, fala Jakson.

Letícia Sabatella destaca a emoção que sente ao assistir às apresentações até o momento. “A música revela a nossa alma e quando vemos alguém cantando, vemos a alma daquela pessoa. Minha primeira música para o programa ao vivo fala muito da nossa força interior, e isso tem muito a ver com a minha história e com a história de superação de todas as mulheres da minha família, capazes de se refazer, reerguer, seguir naquilo que acreditam. A emoção vai ser multiplicada agora por tantas pessoas que vão poder votar, que já vão ter assistido um pouquinho da gente”, aposta.

Marcelo Serrado complementa: “Dá um certo pânico cantar sem ter um personagem, mas é, ao mesmo tempo maravilhosa aquela estrutura de banda, luz, palco. Estou atento a como o público recebe cada apresentação e confesso que a minha expectativa está enorme”.

Para toda a família

Agora a nossa teia musical está sendo firmada e isso vai sendo confirmado a cada apresentação. O desafio é maior, porque a gente passa pelo crivo do voto popular e ‘a voz do povo é a voz de Deus’. A adrenalina com certeza vai ser muito grande, mas espero que minhas escolhas e meu gosto musical fiquem bem claros para as pessoas e que a gente se divirta muito”, fala Nany People.

Robson também destaca a participação do público. “O Popstar é um programa que a família toda vê, a galera fica torcendo. É incrível participar e estou me divertindo. Quero muito ficar até onde der para cantar muito e também para a galera e curtir”, fala.

Para Totia, se apresentar ao vivo é uma emoção extra, como uma estreia a cada semana. “Cada domingo vai ser como uma primeira vez, o que dá sempre muita emoção. Quero transformar o nervosismo em algo bem legal. São milhões de pessoas nos assistindo e quero me concentrar para fazer com muito carinho, tentando sentir a energia de cada um que está torcendo por mim”, revela.

Yara também está ansiosa com a chegada dos programas ao vivo. “É uma experiência única na minha vida estar em um palco como o do Popstar. E, quando estamos em um momento assim, quase não dá para alinhar tantas emoções, porque passa muita coisa pela cabeça ao mesmo tempo. É uma emoção cantar o que sua alma acredita e ama. Imagina ao vivo? Acho que o mundo para por algum tempo e aos poucos vamos entendendo o poder da música, da letra, da melodia”, diz.

O Popstar é um reality musical com formato original, exibido após o Esporte Espetacular. O programa tem direção geral de Flavio Goldemberg e apresentação de Taís Araujo com João Côrtes.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais