Política vira assunto no Triturando e o fascismo é ‘triturado’

Os apresentadores tiveram que escolher entre comunismo, socialismo ou democracia

Publicado há 5 meses
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na edição desta terça-feira (2) do Triturando, os apresentadores tiveram que escolher entre comunismo, socialismo ou democracia. Ana Paula Renault disse que gosta muito da democracia e que queria que o Brasil prezasse por ela.

“Então vou ficar com a democracia. Vamos fervilhar isso na nossa mente, lutar pela democracia que só por meio dela que a sua voz vai poder ser ouvida”, afirmou a ex-BBB. Gabriel Cartolano declarou não gostar de governos extremos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Fico com a democracia, pena que ela está sendo pouco utilizada ultimamente. Pena que as pessoas estão massacrando a recente democracia do Brasil. É o poder do povo que prevalece. A voz do povo é a voz de Deus, como dizem”, destacou o jornalista.

Flor Fernandez disse que o país vive meio comunismo e meio socialismo, mas que todos querem a democracia. “Um ouvindo o outro e respeitando o outro, é o nosso país. Então, eu fico com a democracia também”, analisou.

Chris Flores falou que era bom lembrar que todos estão num sistema democrático. “E queremos continuar. A gente lutou muito por isso. Então a gente vai ‘triturar’ os outros dois e um que não tá aqui também, mas a gente ‘tritura’ junto que é o fascismo”, concluiu Flores.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais