Verdade

Pocah fala sério para Rodolffo no BBB 21: “O Brasil é o país que mais mata LGBT no mundo”

O cantor revela que em certos lugares do país, o preconceito ainda é maior

Publicado em 01/04/2021

Rodolffo é um participante que tem algumas falas preocupantes dentro do BBB 21. Não foi somente uma vez que ele já disse algumas frases homofóbicas e que quase o tiraram do programa. Os comentários foram direcionados ao cantor Fiuk e também do professor João Luiz.

Na Festa do Líder na madrugada de quinta-feira (1), ele teve uma conversa séria com a cantora Pocah, ela começou falando que: “O Brasil é o país que mais mata LGBT’s no mundo” e o sertanejo abre um tópico interessante na conversa: a falta de informação.

“Eu tenho muitos amigos da cidade em que eu fui criado, por exemplo. Se você for num rolê onde tem 5 amigos meus que nunca moraram numa capital, Goiânia por exemplo, que ainda moram no interior, na mesma idade minha. Você sai de lá vomitando”, alerta o sertanejo à amiga que é assumidamente bissexual.

Rodolffo continua: “É machismo, é racismo, é homofobia. Eu tô te falando sério. O Brasil, no interior ainda é muito sem informação. As pessoas precisam ter uma paciência muito grande pra ensinar a galera do interior e a galera que tá vindo, tô te falando com muita seriedade isso”. Será que ele um dia vai aprender também?

Quer assistir conteúdos exclusivos sobre o programa? Inscreva-se no nosso canal no YouTube! E para ficar por dentro de tudo que acontece na casa mais vigiada do Brasil, acompanhe a cobertura completa do BBB 21 no Observatório da TV!