Pocah fala sério para Rodolffo no BBB 21: “O Brasil é o país que mais mata LGBT no mundo”

O cantor revela que em certos lugares do país, o preconceito ainda é maior

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Rodolffo é um participante que tem algumas falas preocupantes dentro do BBB 21. Não foi somente uma vez que ele já disse algumas frases homofóbicas e que quase o tiraram do programa. Os comentários foram direcionados ao cantor Fiuk e também do professor João Luiz.

Na Festa do Líder na madrugada de quinta-feira (1), ele teve uma conversa séria com a cantora Pocah, ela começou falando que: “O Brasil é o país que mais mata LGBT’s no mundo” e o sertanejo abre um tópico interessante na conversa: a falta de informação.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu tenho muitos amigos da cidade em que eu fui criado, por exemplo. Se você for num rolê onde tem 5 amigos meus que nunca moraram numa capital, Goiânia por exemplo, que ainda moram no interior, na mesma idade minha. Você sai de lá vomitando”, alerta o sertanejo à amiga que é assumidamente bissexual.

Rodolffo continua: “É machismo, é racismo, é homofobia. Eu tô te falando sério. O Brasil, no interior ainda é muito sem informação. As pessoas precisam ter uma paciência muito grande pra ensinar a galera do interior e a galera que tá vindo, tô te falando com muita seriedade isso”. Será que ele um dia vai aprender também?

Quer assistir conteúdos exclusivos sobre o programa? Inscreva-se no nosso canal no YouTube! E para ficar por dentro de tudo que acontece na casa mais vigiada do Brasil, acompanhe a cobertura completa do BBB 21 no Observatório da TV!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio