PM do Rio de Janeiro inaugura estúdio em homenagem a cinegrafista da Band morto em protesto

Publicado há 5 anos
Por Thiago Henrique
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Polícia Militar do Rio de Janeiro inaugurou na última quarta (25) o Estúdio Santiago Andrade, que integra agora a Coordenadoria de Comunicação Social, localizada no Quartel General da corporação, no centro da capital carioca.

Santiago Andrade era cinegrafista da Band no Rio de Janeiro, e morreu após ser atingido por um rojão durante cobertura jornalística que realizava na Central do Brasil em 06 de fevereiro de 2014.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A homenagem foi proposta pela corporação militar, como forma de homenagear o trabalho do cinegrafista, que dedicava sua vida com paixão à cobertura de fatos jornalísticos de relevância para a população.

Além da presença do Coronel Alberto Pinheiro Neto, comandante geral da Polícia Militar, estiveram no evento o jornalista Ricardo Boechat, a filha de Santiago, Vanessa Andrade, a viúva do cinegrafista, Arlita Andrade e diversos membros da corporação.

De acordo com o Coronel Pinheiro Neto, o estúdio será utilizado na produção de treinamentos e informativos, como forma de aproximar a Polícia Militar da comunidade e da imprensa.

Vídeo institucional da PM do RJ sobre a inauguração:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais