Perto de acabar na Band, Pânico é fenômeno de audiência e popularidade no YouTube

Publicado há 3 anos
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dizer que o Pânico está em crise é uma verdade, e isso ninguém dúvida. Mas a crise existe somente na televisão aberta. No YouTube, o programa humorístico vai muito bem, obrigado.

Segundo levantamento feito pelo Observatório da Televisão, as matérias exibidas no último programa mostrado pela Band, no domingo passado, dia 22 de outubro, somam quase 5 milhões de visualizações na plataforma digital.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja mais: Carlinhos dá a entender que Pânico é censurado: “Não fazemos metade do que queremos”

São exatas 4,984 milhões de views, até o fechamento desta matéria. Apenas o décimo segundo episódio do Master Trash, quadro que satiriza o MasterChef, principal atração da Band, tem 1,5 milhão de visualizações.

Outros campeões são os quadros Pancadão do Pânico, Largagas e Peladas, além de mais uma saga que se iniciou no domingo: Christian Pior decidiu ir atrás de Pabllo Vittar e entender a discussão que há entre os dois.

No canal em si, que também tem conteúdo exclusivo, são 5,7 milhões de inscritos no canal oficial do programa, número comparado aos mais populares youtubers da principal plataforma de vídeos do mundo.

Trazendo para a realidade da metodologia do Ibope, o Pânico ganharia muito se esses views fossem aferidos. O Master Trash, por exemplo, alcançaria aproximadamente 8 pontos de audiência somente no YouTube. Somando com a média do programa (5 pontos), ele marcaria 13 de Ibope na principal metrópole do Brasil.

Vale lembrar que cada ponto do Ibope, em São Paulo, equivale a 70,5 mil domicílios com TV ou 119,3 mil indivíduos. Além disso, é bom relembrar que o Pânico é a maior audiência nacional da Band no Painel Nacional de Televisão (PNT), segundo dados divulgados pelo Ibope na última terça-feira (23).

O Pânico na Band, se depender do canal do Morumbi, deve deixar o ar em dezembro. O canal diz que a audiência é insatisfatória e o faturamento não está bom, segundo o jornalista Flávio Ricco.

Tutinha, dono da Rádio Jovem Pan e criador da marca, se nega a encerrar a atração. Ele teria notificado a Band a cumprir o contrato com o grupo, até 2019, ou pagar multa de R$ 10 milhões, algo que a emissora não teria como fazer.

Veja a tabela completa com os números do Pânico no YouTube no programa do último domingo (22):

Mitadas do Bolsonabo – 532 mil

Beto Salada Show – 125 mil

Pancadão do Pânico – 886 mil

Pânico Festas – 252 mil

Master Trash – 1,5 milhão

Pânico Festas com Vesgo – 202 mil

Pânico Sagas: Christian Pior tenta falar com Pabllo Vittar – 826 mil

Largagas e Peladas – 661 mil

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio