Pegadinha com criança no Hora do Faro faz Record TV ser condenada a pagar R$ 200 mil

A Justiça entendeu que o menor teve danos morais após a participação no programa

Publicado há um mês
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Record TV foi condenada pela Justiça de São Paulo e terá que pagar uma multa de R$ 200 mil por ter colocado uma criança de oito anos numa situação vexatória e exposta ao ridículo no Hora do Faro, segundo palavras que constam na decisão.

O canal chegou a perder na primeira instância e decidiu recorrer, mas não houve mudança no veredito. R$ 100 mil deve ir para o menor de idade, por danos morais, e os outros R$ 100 mil e dez salários mínimos para um fundo do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Paulo, informou o Notícias da TV.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Numa edição de abril de 2017 do programa, um quadro identificou o garoto, que fazia apresentações nas ruas para ajudar a mãe desempregada, como mini Michael Jackson. Uma pegadinha foi feita com a criança, que depois se apresentou na produção após passar por treinamento com profissionais. Por causa do desempenho, ganhou presentes.

“O programa de televisão veiculou a imagem da criança durante quase duas horas, em período de grande audiência, expondo-a excessivamente a situação vexatória e constrangedora, violando assim os direitos relativos à preservação da imagem da criança e de sua dignidade”, destacou a promotora que julgou o caso.

“[A criança foi] exposta ao ridículo da situação, totalmente desconhecedora da farsa que era montada ao seu redor; sente-se triste, injuriado e contrariado, como ele próprio consegue expressar ao apresentador, ao ver-se humilhado pela reação de seus semelhantes, demais crianças ‘contratadas’ para participar do programa e seguir as orientações do apresentador”, diz outro trecho. Procurada pelo portal, a emissora preferiu não comentar o caso.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais