Pedro Bial conversa com David Quammen, autor que alertou sobre epidemia há oito anos

Cientista Stevens Rehen também participa da entrevista, que vai ao ar nesta quinta-feira, dia 28

Publicado há um mês
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O mundo inteiro se debruça, neste momento, sobre os efeitos da pandemia do coronavírus e a busca de uma vacina. Alinhado à relevância do tema, o Conversa com Bial desta quinta-feira, dia 28, conta com a participação de David Quammen, autor e jornalista americano, e do cientista brasileiro Stevens Rehen, também consultor do programa. A entrevista traz um debate com base científica, além de questionamentos e desafios da ciência. 

David Quammen é considerado um dos maiores autores sobre epidemias modernas do mundo e chamou a atenção há oito anos quando citou, em uma de suas publicações, uma grande epidemia esperada pela comunidade cientifica, com os contornos da que estamos vivendo hoje.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Diretamente de sua casa, em Montana, nos Estados Unidos, ele compartilha as suas considerações a respeito da COVID-19 e, entre outros questionamentos de Pedro Bial, explica ao apresentador os motivos da falta de preparação para lidar com a pandemia, apesar dos avisos.

Para completar o debate, Stevens Rehen também dá a sua opinião sobre o tema e um parecer sobre a criação de uma vacina: “Sonhar a gente sempre pode. O que estamos vivenciando agora é como se fosse uma corrida de cavalos, mas não se pode apostar em só em um cavalo. É isso que está acontecendo com as vacinas”, afirma Rehen.

Com direção artística de Mônica Almeida, o Conversa com Bial vai ao ar de segunda a sexta-feira, após o ‘Jornal da Globo’.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais