Injustiça?

Paulo André não aceita derrota da Prova do Líder no BBB 22: “Ficaria mais 48 horas”

Atleta não concordou com sistema de sorteio feito para decidir o vencedor

Publicado em 12/03/2022

A Prova do Líder tinha uma regra clara: depois de 24 horas de prova, o Líder seria decidido por sorteio. Mas os participantes do BBB 22 não sabiam disso e foram surpreendidos com o apresentador Tadeu Schmidt anunciando a dinâmica.

Paulo André foi o primeiro eliminado pelo sorteio, perdeu a chance de ser Líder mais uma vez e não gostou muito da ideia, afinal, ele ainda estava fisicamente bem, ao contrário dos colegas que pareciam mais fraco.

Após o fim do programa, o brother reclamou com Pedro Scooby: “Fiquei quase 24 horas pra porra da prova ser decidida em sorteio? Era mais fácil ter saído antes e não ter essa decepção. Não tem como não ficar puto. Eu tô ótimo”.

No Quarto Grunge ele reclamou mais uma vez da injustiça: “Fiquei 24 horas inteiro pra não ganhar o bagulho. Pô, qual é mano? Tô muito inteiro. Se botassem 48 horas, eu ficava mais 48 horas. Porra, sortear? Sacanagem demais! Sorteio é foda!!!. Era mais fácil a gente ter tirado adedonha ali e ter metido o pé como você [Pedro Scooby] fez”. Ele está certo?

Fique por dentro da cobertura completa do Big Brother Brasil 22  no Observatório da TV e em nosso canal no YouTube!