Participante desmente versão de estupro que cancelou reality-show

Publicado em 17/06/2017

O suposto estupro envolvendo Carinne Olympios e DeMario Jackson, participantes do reality-show Bachelor The Paradise, que acabou suspendendo as gravações, ganhou um novo capítulo. Outra componente do elenco, Jasmine Goode, desmentiu a versão da ex-colega de confinamento.

“Corinne se jogou para três homens do elenco quando eles não estavam em condições de consentir, além de interagir com o DeMario. Depois do incidente, tudo parecia estar bem. Não houve menção nenhuma a ela ter se machucado. No entanto, quando os produtores tentaram cortar sua bebida, ela ficou chateada e disse: ‘Prestem atenção, vejam o que eu vou fazer’“, disse ao site E! News.

De acordo com o TMZ, DeMario teria se relacionado sexualmente com Carinne, sem que ela estivesse em condições, por ter exagerado na bebida. A denúncia partiu dos demais participantes, que deram conta do que estava acontecendo.

“Isso tem causado muitos traumas, tanto físicos e psicológicos. Tem sido difícil para DeMario e sua família. Ele se tornou uma celebridade por todas as razões erradas. Eu solicitei as fitas e espero assisti-las na próxima semana“, disse o advogado do ex-participante em entrevista.