Parada do Orgulho LGBTQIA+ Relembre personagens que esconderam a homossexualidade na teledramaturgia

Muitas figuras apresentam tramas construídas nas sombras e ainda presos no armário

Publicado em 6/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Neste domingo (06) acontece a 25ª Parada do Orgulho LGBTQIA+ de São Paulo, pelo segundo ano seguido realizada virtualmente por conta da pandemia do coronavírus. Para celebrar esta data vamos relembrar alguns personagens das novelas que esconderam sua homossexualidade.

Nos últimos anos, os personagens gays da teledramaturgia brasileira ganharam voz para lutar pelos seus direitos e minar o preconceito enraizado na sociedade. No entanto, apesar do avanço, muitas figuras ainda apresentam tramas construídas nas sombras e ainda presos no armário.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Retratando o medo de julgamento e de exclusão familiar e social, existente na comunidade LGBT, diversos personagens passam meses escondendo a homossexualidade nas novelas. Recentemente o Agno, de A Dona do Pedaço, estava inserido neste contexto. Interpretado por Malvino Salvador, o empresário escondeu sua atração por homens e viveu um casamento fracassado com Lyris (Deborah Evelyn).

Pai da adolescente Cássia (Mel Maia), Agno elaborarou um plano para conseguir se divorciar e, assim, ficou livre para ser quem realmente era.

Confira outros casos:

Guga – Malhação: Toda Forma de Amar (2019)

Guga e Serginho da novela teen Malhação (Foto: Estevam Avellar/ Globo)

Interpretado por Pedro Alves, Guga começa a questionar sua orientação sexual após conhecer Serginho (João Pedro Oliveira). Vindo de uma família de classe média alta de Ipanema, aparentemente conservadora, ele tem dificuldade de falar sobre seus desejos e sentimentos. Com essa barreira, ele inventa um namoro falso com sua grande amiga Rita (Alanis Guillen).

Adamastor – O Sétimo Guardião (2018-2019)

Adamastor da novela O Sétimo Guardião (Foto: João Cotta/ Globo)

O personagem de Theodoro Cochrane passou a novela toda negando sua homossexualidade. Somente na reta final da trama, Adamastor admitiu ser gay após ficar com medo de que Stela (Vanessa Giácomo), grávida e viúva, confundisse a amizade dos dois com uma atração sexual.

Luccino – Orgulho e Paixão (2018)

Luccino e Otávio da novela Orgulho e Paixão (Foto: Divulgação/ Globo)

Na novela ambientada no século XX, o personagem de Juliano Laham era um rapaz calado, tímido e pouco compreendido pelos pais. Lucciano escondeu por muito tempo sua paixão pelo capitão do exército Otávio (Pedro Henrique Müller). Contudo, durante um banho de cachoeira com o irmão Ernesto (Rodrigo Simas), o mecânico assumiu ser gay. A história de amor entre Luccino e Otávio rendeu o primeiro beijo homossexual de uma novela das 18h na TV brasileira.

Cláudio – Império (2014-2015)

Leonardo e Claudio da novela Império (Foto: Reprodução/ Internet)

O cerimonialista de José Mayer viveu um longo relacionamento secreto com Leonardo (Klebber Toledo). Após ser pressionado pelo o amado para assumir o romance, Cláudio pediu o divórcio à esposa Beatriz (Suzy Rêgo) – que aceitou a situação tranquilamente. O personagem enfrentou turbulência ao desabafar com o filho Enrico (Joaquim Lopes), que era homofóbico e preconceituoso.

Félix – Amor à Vida (2013-2014)

Felix e Niko de Amor á Vida (Foto: João Cotta/ Globo)

O venenoso e irônico personagem de Mateus Solano era casado com Edith (Bárbara Paz), mas mantinha secretamente um caso com Anjinho (Lucas Malvacini). Cansada das traições, a mulher revelou para toda a família a verdadeira orientação sexual do marido, que tinha um pai extremamente preconceituoso – César (Antônio Fagundes). No final da trama, Félix terminou ao lado do seu grande amor, Niko (Thiago Fragoso). O romance rendeu o primeiro beijo gay em uma novela da Globo.

Thales – Ti-Ti-Ti (2010-2011)

Thales e Julinho da novela Ti-Ti-Ti (Foto: Reprodução/ Internet)

O surfista interpretado por Armando Babaioff casou-se com Jaqueline (Claudia Raia) para tentar esconder sua homossexualidade da mãe. Apaixonado pelo cabeleireiro Julinho (André Arteche), ele assumiu ser gay para a mulher ao longo da trama.

Júnior – América (2005)

Júnior e Zeca da novela América (Foto: Reprodução/ Internet)

Interpretado por Bruno Gagliasso, Júnior era o querido filho de Neuta (Eliane Giardini) que se viu extremamente apaixonado pelo peão Zeca (Erom Cordeiro). Após muitos conflitos internos e familiares, o jovem assumiu sua homossexualidade e terminou a novela ao lado do seu grande amor. O beijo do casal foi gravado, porém a Globo vetou a exibição.

Danilinho – Caminhos do Coração (2007-2008)

Danilinho da novela Caminhos do Coração (Fotos: Reprodução/ Internet)

Na famosa novela dos mutantes da Record TV, o personagem de Cláudio Heinrich escondeu ser gay para não desagradar o pai. Casado com sua melhor amiga, Lúcia (Fernanda Nobre), o rapaz viveu um affair com o Homem-Cobra (Theo Becker).

Jenifer e Eleonora – Senhora do Destino (2004-2005)

Jenifer e Eleonora da novela Senhora do Destino (Foto: Reprodução/ Internet)

A personagem de Bárbara Borges, inicialmente, negou o sentimento que cultivava por Eleonora (Mylla Christie). Porém, no decorrer da trama, elas assumiram o romance e enfrentaram o preconceito da própria família e os comentários maldosos da vizinhança. No final da novela, elas terminaram juntas e adotaram um recém-nascido abandonado.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio