Para impedir fuga, João Aranha mantém Inês em cárcere privado

Publicado há um ano
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Éramos Seis, Inês (Carol Macedo) nunca aceitou verdadeiramente o pai biológico, João Aranha (Caco Ciocler). Tirada do convívio do pai adotivo, que ela realmente amava, ela não se impressionou com as viagens e outras coisas que o dinheiro de João, pôde comprar.

Agora, aos 23 anos, a enfermeira, depois
de saber que foi enganada pelos pais, ela toma uma decisão e resolve voltar
para São Paulo sozinha para se reunir com as pessoas de seu passado, Afonso
(Cássio Gabus Mendes) e Carlos (Danilo Mesquita), seu amor de infância.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A jovem vai até João se despedir dele, e
ele lamenta que ela nunca o tenha chamado de pai, e ela honesta, diz que ficou
mais difícil ainda reconhecê-lo depois de saber que ele mentiu para ela. Ele
diz que a menina precisa obedece-lo e diz que todo o dinheiro que ele tem, assim
como suas terras, pertencem a ela.

“Dê a quem precisa”, diz Shirley, fazendo o homem ficar furioso: “É muito petulante. Mas
eu também sou. E não vou aceitar sua vingança. Vou fazer o que qualquer pai
faria no meu lugar”
, rebate ele que a tranca dentro do quarto, e passa a mantê-la
em cárcere privado. Atônita, Shirley é impedida de ajudar a filha.

As
cenas estão previstas para irem ao ar no capítulo 55, que será exibido na terça-feira,
dia 3 de dezembro.


Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos da novela Éramos Seis

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV Globo, SBT, Record TV e Band

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais