Para Eduardo Suplicy, Ratinho merece prisão por defender volta do governo militar

Ex de Marta Suplicy detonou apresentador no Twitter

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

As declarações dadas na última quarta (17) por Ratinho, em defesa da volta do regime militar ao governo brasileiro, gerou incômodo em personalidades políticas e midiáticas. O vereador Eduardo Suplicy (PT) usou suas redes sociais para criticar duramente o discurso do apresentador.

Diferentemente do que ele afirma, tenho a certeza de que o povo optará pela democracia. Por suas declarações em favor da Ditadura Militar, Ratinho está a merecer punição semelhante à do deputado Daniel Silveira (PSL-SP). Por 11×0 o STF decidiu que ele deve estar preso“, escreveu, no Twitter, o ex-marido de Marta Suplicy.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Desafio o apresentador Carlos Massa , o Ratinho, a realizar um debate em que ele venha a defender a volta dos militares ao poder no Brasil, como aconteceu de 1964 em diante, na Ditadura Militar, e a extinção por expulsão da população de rua, por meio da força e das armas“, acrescentou ainda Eduardo.

A polêmica em torno de Ratinho teve início quando ele afirmou, na edição de ontem de seu programa Turma do Ratinho, na rádio Massa FM, que a solução para o contexto político do Brasil trilharia um caminho parecido ao adotado em Singapura pelo general Lee Kuan Yew.

Se eu abrir uma votação perguntando se o povo é a favor da volta dos militares, dá 70%. Nossa democracia é muito frágil, dá margem para bandido, estranha“, criticou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio