Papel de Mia Colucci em Rebelde não era para Anahí; saiba detalhes

Sophia Abrahão viveu a personagem na versão brasileira

Publicado há um mês
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quase 15 anos após ter sua produção concluída, a novela mexicana Rebelde (2004-2006) ainda segue dando o que falar. Nos últimos dias, o ator Ronald Duarte, que integrou o elenco secundário da trama, fez uma revelação que deixou os fãs de cabelo em pé.

Durante uma live no Instagram, o intérprete do gordinho Jack revelou que o papel da patricinha Mia Colucci, uma das protagonistas da história, originalmente não seria interpretado por Anahí.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A ideia inicial é que a personagem ficasse com a atriz e cantora Belinda. À época, ela estava em alta na Televisa por ter protagonizado a versão original de Cúmplices de um Resgate, na pele das gêmeas Mariana e Silvana – que aqui no Brasil viraram Manuela e Isabela, de Larissa Manoela.

O próprio produtor de Rebelde, Pedro Damián, teve de batalhar junto à direção da rede mexicana para que a personagem ficasse com Anahí, que já havia protagonizado outro sucesso seu – Primeiro Amor, a Mil por Hora (2000), também já transmitido pelo SBT.

Rebelde foi um grande sucesso em vários países do mundo, inclusive no Brasil, onde ganharia posteriormente um remake homônimo produzido e veiculado pela Record TV. Nesta ocasião, o papel de Mia foi rebatizado de Alice Albuquerque e desempenho pela atriz Sophia Abrahão.

Com informações do portal Latin Pop Brasil.

Belinda (Divulgação)
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais