Os Melhores Anos de Nossas Vidas resgata a magia dos programas infantis dos anos 60 e 70

Publicado há 2 anos
Por Greicehelen Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na noite desta quinta-feira (08), Os Melhores Anos de Nossas Vidas presta uma homenagem às décadas de 60 e 70. O programa vai mexer com a memória afetiva de quem viveu esses tempos relembrando grandes personagens do passado. Comandada por Lázaro Ramos, a atração começa após a série Carcereiros, na Globo.

Veja também: “Um pouco de todos os meus jeitos”, revela Claudia Leitte sobre novo clipe

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Marcos Veras defende o time dos anos 60. O humorista recebe a atriz Elizângela para relembrar o sucesso do Capitão Furação. O formato estreou junto com a TV Globo no dia 26 de abril de 1965.

No programa, o velho marujo, criado e interpretado pelo ator Pietro Mario, contava suas aventuras para um grupo de crianças. Ele tinha o auxílio luxuoso de Elizângela, a braço-direito do Capitão e líder da equipe de grumetes.

“Era uma época lúdica, inesquecível e que foi também muito marcante para toda uma geração de crianças”, conta a atriz. Elizângela começou a carreira artística aos 11 anos.

Já Marco Luque é o representante da década de 70. Ele convoca o ator e diretor Milton Gonçalves para defender o time. Atualmente no ar em O Tempo Não Para, Milton recorda o sucesso do lendário Professor Leão, de Vila Sésamo.

Além de atuar no programa que virou um dos ícones da década, Milton também era um dos diretores da atração. “Os personagens e as histórias eram maravilhosas. Foi uma oportunidade incrível fazer um trabalho de tanta qualidade e educativo para as crianças”, recorda.

Nesta viagem no tempo não poderiam faltar outras figuras emblemáticas como Garibaldo e Grover, que também marcam presença no programa.

Grandes personagens infantis

Os anos 1960 e 1970 foram marcados pelo surgimento de grandes programas e séries voltadas para o público infantil. National Kid, o primeiro super-herói japonês, e Jeannie é um Gênio!, interpretada por Barbara Eden, agitaram os anos 60.

Na década seguinte, Mulher Maravilha era a heroína favorita da garotada. Além disso, a série Família Do-Re-Mi consagrou-se como uma das atrações inesquecíveis do período, apenas para citar alguns.

Música no palco de Os Melhores Anos de Nossas Vidas

Na edição desta quinta-feira (08), os musicais ficam por conta de Golden Boys e do Hyldon. Os artistas interpretam o clássico Na rua, Na chuva e na fazenda. Laís Yasmin, semifinalista do The Voice 2018, reforça o time dos anos 60. O também ex-participante do The Voice, Lumi, integra o time dos 70.

Como funciona a votação

 Quem escolhe o período vencedor são 100 jovens da plateia, de 18 a 20 anos. A turma que vota ao longo do programa, para eleger qual a década que eles gostariam de ter vivido.

Os Melhores Anos das Nossas Vidas tem direção geral de Bernardo Portugal e redação final de Paula Miller. É exibido nas noites de quinta, após Carcereiros. O programa tem apresentação de Lázaro Ramos e dos líderes das décadas: Marcos Veras (60), Marco Luque (70), Lúcio Mauro Filho (80), Ingrid Guimarães (90) e Rafa Brites (2000).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio