Os 53 anos de Fernando Colunga; descubra fatos inéditos do maior astro das novelas mexicanas

Publicado há 2 anos
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 1996 chegava ao Brasil a primeira trama da trilogia das Marias, o folhetim escrito por Inês Rodena, Maria Mercedes. Com ela, nomes de peso da Televisa começaram a abrir cenário, ganhar reconhecimento e popularidade no Brasil. Entre eles, Fernando Colunga, o astro mais reverenciado da teledramaturgia mexicana. O ator é considerado, hoje, o principal nome masculino da dramaturgia, além de ser o queridinho do presidente da Televisa, Emilio Azcárraga Jean.

Com uma vida completamente reclusa e de poucas polêmicas em comparação aos demais astros do cenário atual, Colunga deixou sua marca nas novelas e até hoje é lembrado por papeis marcantes. Em homenagem ao aniversário de 52 anos de Fernando Colunga, o Observatório da Televisão listou curiosidades sobre a vida e carreira do ator. Confira:

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Barracos, expulsão de ator e roteiro mexicano; relembre as polêmicas de Vitória, nova reprise da Record TV

  • Filho único, seu nome completo é Fernando Colunga Olivares, mais conhecido como Fernando Colunga. O galã nasceu na Cidade do México no dia 3 de março de 1966.
  • Além de ator, ele também é dublador e já foi dublê na própria Televisa.
  • Ele tem o mesmo nome do pai, pois no México existe uma tradição onde o primeiro filho, geralmente, tem o mesmo nome do pai ou da mãe. A Mãe de Fernando Colunga se chama Margarita Olivares.

A última novela de Fernando Colunga, até então, foi Pasión y Poder, em 2016

  • Sua família tem origem asturiana, uma província da Espanha.
  • Fernando Colunga começou sua carreira como dublador de filmes e dublê cinematográfico nas produções do México.
  • Senhorita Limantur foi sua primeira novela, na sequência veio Dulce Desafio e El Carruaje, onde ele trabalhou como dublê. Foi nessas tramas que ele descobriu a paixão pela atuação.
  • Em Dulce Desafio ele foi dublê de outro galã da Televisa, Eduardo Yáñez.
  • Até aqui ele tem uma somatória de 25 novelas, 8 filmes, 5 peças de teatro e 3 minisséries.
  • Fernando Colunga já esteve na versão mexicana de Vila Sésamo.
  • Ele esteve presente na trilogia das Marias ao lado de Thalía, mas foi em Maria do Bairro que ele protagonizou uma história ao lado da estrela.
  • Sua novela de maior sucesso no Brasil foi em A Usurpadora.
  • Na maior premiação da TV mexicana, o ator já foi indicado 9 vezes na categoria ‘Melhor Ator’. Dessas indicações ele venceu 4 vezes.
  • Para ele, namorar com Thalía foi uma das piores experiências amorosas de sua vida. A fama explosiva de Thalía complicou a relação.
  • Em A Dona, Fernando Colunga reencontrou Gaby Spanic após quase 13 anos de A Usurpadora.
  • Barman, Administração, Engenharia Civil e vendas de automóveis foram algumas de suas profissões.

No Brasil, sua última novela exibida por aqui foi Amanhã Será Para Sempre

  • Fernando Colunga já foi dublê do ator Eduardo Yañez em 1989. Em 2015 os dois se reencontram e foram protagonistas do filme, Ladrones.
  • Em 2010 ele enfrentou o ator Eduardo Capetillo após o ator insinuar que seu corpo e seu rosto não era de ‘macho’ para poder fazer papel de galã. Tal fato aconteceu durante as gravações da novela A Dona. Colunga pediu explicações e disse para que ele não se metesse em sua vida. Após esta confusão, Eduardo Capetillo foi demitido da Televisa.
  • Colunga teve poucas namoradas, entre elas: Thalía, Aracely Arámabula e Blanca Soto.
  • Metrossexual, ele nega veementemente sobre suas intervenções cirúrgicas.
  • Colunga não fuma, não consome álcool, não come sal e tampouco açúcar.
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais