Orgulho e Paixão: Uirapuru revela a Charlotte que Darcy lhe pagou para sumir

Publicado há 3 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Orgulho e Paixão, na Globo, Charlotte (Isabella Santoni) está muito decepcionada com seu irmão Darcy (Thiago Lacerda). Ela descobriu que o protagonista articulou para que seu antigo namorado, Uirapuru (Bruno Gissoni), se afastasse. E para piorar, foi ele mesmo que revelou toda a verdade para ela. Confira.

“Seu querido irmão fez a mesma coisa, anos atrás, quando éramos namorados e nos separamos. Para impedir nosso amor, Darcy me pagou pra eu sumir, escapulir, escafeder. Enfim, pagou pra eu te abandonar, querida Charlotte, pra sempre!”, dirá Uirapuru, deixando a ex chocada e Darcy incomodado.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Após se casar com Jane, Camilo perde o emprego e se embriaga, em Orgulho e Paixão

“Isso é verdade, Darcy? Responde!”, exclamará Charlotte. “Não do jeito sórdido que ele conta!”, começará a se explicar Darcy. “Eu podia esperar isso do papai. Mas de você?”, rebaterá. “Bom ver o que te tornas aos olhos dos filhos”, comentará Lorde Williamson.

“Achou mesmo que tinha o direito de interferir dessa maneira em minha vida? Que podia determinar meu destino?”, continuará a menina. “E o meu por tabela. Acabou com nosso amor”, falará Uirapuru. “Sei que isso tudo parece muito perturbador, mas… Darcy tem direito a se explicar! Ainda mais depois do que Uirapuru fez com minhas irmãs”, argumentará Elisabeta.

“Darcy, eu ainda espero uma explicação sua”, afirmará Charlotte. “Errei pra te proteger. Por amor, zelo…”. “Tivemos a mesma educação, mas aprendi outros nomes pra isso: prepotência, orgulho seu!”, dirá e, depois, sairá chorando.

Na sequência, Lorde Williamson mandará Uirapuru embora: “O senhor ponha-se pra fora”. “Agora que paguei de volta o que devia a Darcy, vou com gosto”, rebaterá. “Sai daqui! Antes que eu dê a surra de verdade que ainda devo a você! Mesmo que deva à minha própria dignidade me conter”, concluirá Darcy.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio