Orgulho e Paixão: Tibúrcio enfrenta Josephine, que não se intimida

Publicado há 3 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Orgulho e Paixão, na Globo, Tibúrcio (Oscar Magrini) ficou muito assustado ao rever Josephine (Christine Fernandes). Ele chegou a achar que estava ficando louco. Mas, agora, que entendeu que ela não morreu, o Almirante vai enfrentá-la. Preparada, a ex-morta não vai se intimidar e rebaterá o marido. Confira.

“O susto… o tabefe! Queria me ver morto?!”, perguntará Tibúrcio. “Se quisesse, isso não me faria pior que você. Mas nunca foi minha intenção acabar com a sua vida. Apenas me assustei. Você sempre foi tão bruto comigo!”, responderá Josephine. “Não acredito que você está aqui, mamãe”, falará Edmundo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Josephine se revela para os filhos, em Orgulho e Paixão, na Globo

“Levante-se, Edmundo! Não tem orgulho, amor próprio? Essa mulher destruiu seus sentimentos, transformou-o num bêbado, inútil!”, falará Tibúrcio. “Deixe Edmundo em paz, você nunca o aceitou como é! Tibúrcio, você é um predador. Sente o cheiro da fragilidade e destrói suas presas”, rebaterá ela.

“Onde esteve esses anos todos? Como conseguiu escapar do Vale? Exijo uma explicação!”, falará. “Não lhe devo explicação nenhuma! A Rômulo e Edmundo sim, a eles devo muito. Quando Rômulo voltar… e eu sei que voltará… revelarei tudo que meus filhos quiserem saber”, dirá Josephine.

Ainda em Orgulho e Paixão: Aurélio repreende Edmundo por causa de Ema

Em Orgulho e Paixão, na Globo, Aurélio (Marcelo Faria) não está nada contente com o noivado de Ema (Agatha Moreira) e Edmundo (Nando Rodrigues). O rapaz deu um vexame durante a festa de noivado e acabou decepcionando a todos. Mas, no dia seguinte, ao procurar Ema, para pedir desculpa, ele se deparará com o pai da noiva. Confira.

“Que espetáculo deprimente o senhor nos ofereceu ontem à noite. Se apresentar bêbado no baile de noivado! Dizer o que disse de si mesmo, que ama outra, já seria humilhação suficiente pra minha filha. Mas não se contentou, achou pouco! Tingiu os sentimentos mais delicados de Ema com as tintas do escândalo, e exibiu para a cidade inteira!”, reclamará Aurélio.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio