Orgulho e Paixão: Susana tenta convencer Aurélio a vender suas posses

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A ambição de Susana (Alessandra Negrini) parece não ter limites em Orgulho e Paixão, na Globo. A vilã está completamente movida pela sede de poder e o próximo passo tem a ver com a família de Ema. Ela vai conversar com Aurélio (Marcelo Faria) para fechar o negócio.

“Obrigada por aceitar meu convite”, dirá Susana. “Sua mensagem pedindo desculpas foi muito gentil e convincente. Eu e Jorge concordamos com isso. A senhora fuma charuto?!”. “Apenas quando celebro boas oportunidades. E estou vendo uma muito boa aqui, não concorda, Aurélio?”. “Meu pai não quer ouvir falar disso…”, argumentará Aurélio.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Susana descobre que Darcy e Elisabeta se beijaram, em Orgulho e Paixão

“Seu pai. Por isso estou aqui com você. E por isso imagino que você tenha aceitado minhas desculpas. Realmente me exaltei da outra vez”, falará Susana. “Foi um dia tenso para todos”, minimizará.

“Desfeito o mal-entendido, peço que me veja como amiga, não como inimiga. E se me permite, preciso dizer que sua filha realmente é uma mulher refinada”. “Sim, Ema foi criada com tudo do bom e do melhor”. “E dá pra ver que ela admira e ama muito o pai. Imagino como ela reagiria se perdesse tudo da noite pro dia. Por isso estou aqui, Aurélio. Para te ajudar. Se aceitar minha proposta, Ema não vai precisar passar pela humilhação de ter que vender todos os lindos vestidos dela”.

O homem tentará resistir: “A senhora sabe que não depende só de mim. Papai é quem controla as finanças da família”. “Pois é seu papel como filho convencer o velho. Perdão… Convencer o Barão a fazer a melhor coisa pro futuro dos Cavalcante”, concluirá Susana, deixando Aurélio reflexivo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio