Orgulho e Paixão: Susana quer chantagear Lady Margareth

Publicado há 3 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Orgulho e Paixão, na Globo, Susana (Alessandra Negrini) está trabalhando para Lady Margareth (Natália do Vale). Isso inclui ser humilhada o tempo todo pela britânica. Mas no que depender da vilã, isso tem data para terminar. Em conversa com Petúlia (Grace Gianoukas), ela vai admitir que está procurando uma prova para chantagear a tia de Darcy (Thiago Lacerda). Confira.

“Então, Lady Margareth tem outros planos para os explosivos…”, afirmará Susana, depois de ouvir uma conversa de Margareth. “Ela faz a lady, mas é mais baderneira que nós duas juntas!”, dirá Petúlia. “Está vindo, está vindo!”, afirmará Susana para que se escondam. “A ariranha inglesa sabe se escamotear. Precisamos ir pra fábrica pra encontrar provas que liguem Lady Margareth à explosão!”, sugerirá Petúlia.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Vingativa, Susana joga Camilo contra Julieta, em Orgulho e Paixão, na Globo

“A explosão da fábrica não vai nos revelar nada, sua songa-monga! Uns operários farrapentos morrerão, um outro pobre qualquer levará a culpa, e nada disso nos interessa”. “Então, como madama pensa em chantagear Lady Margareth? Não estou alcançando!”, admitirá Petúlia. “Força, Petúlia, vamos lá: descobrindo como ela vai incriminar Elisabeta! Se tivermos provas disso, ligamos a cobra inglesa à explosão! Entendeu ou quer que eu desenhe o plano?”, concluirá Susana.

Ainda em Orgulho e Paixão

Em Orgulho e Paixão, na Globo, Ema (Agatha Moreira), finalmente, começou a trabalhar para Ludmila (Laila Zaid). Mas a baronesa ainda não tem noção sobre as responsabilidades de um emprego. Nos próximos capítulos, ela chegará atrasada e a chefe reclamará do comportamento da moça. Além disso, explicará como devem ser as regras no trabalho. Confira.

“Ema! Você está muito atrasada”, dirá Ludmila ao ver Ema chegando. “É verdade, me desculpe, Lud. É que passei pra ver Ernesto no trabalho e você não imagina o que vi! A fábrica de sua família passa por um grave problema de gestão de funcionários…”. “Tenho todo interesse em saber de tudo depois. Mas espero comprometimento total aqui na loja. Você tem horário pra entrar e sair, Ema”, avisará.

“Mas eu tinha que resolver um assunto pessoal! Somos amigas e eu precisava ver de perto essa agonia de Ernesto”, insistirá. “Assuntos pessoais devem ser resolvidos fora do horário de trabalho. Ou, em casos mais urgentes, você precisa ao menos me avisar! Essa é a etiqueta profissional. Você que gosta tanto de protocolos, é bom que aprenda esse”. “Tudo bem. Vou pegar o jeito. Me desculpe, obrigada, com licença, até já”, concluirá irritada.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio