Orgulho e Paixão: Julieta se nega a transar com Aurélio e revela abuso que sofria do pai de Camilo

Publicado há 2 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de Orgulho e Paixão, Julieta (Gabriela Duarte) e Aurélio (Marcelo Faria) estarão prestes a transar, mas a baronesa se negará e falará que o amado e ninguém nunca compreenderá o motivo da sua recusa.

Leia: Orgulho e Paixão: Ofélia pressiona para Lídia casar logo com Otávio

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O filho do Barão (Ary Fontoura) se mostrará compreensivo e a Rainha do Café se abrirá. “Eu fui vítima de uma violência. Um homem se aproveitou de mim da maneira mais sórdida. Fui violada quando menina”, revelará a mãe de Camilo (Maurício Destri).

Saiba mais: Orgulho e Paixão: Xavier bate em Mário e Brandão fica maluco de raiva

“Quem foi o canalha? Eu mato esse filho da mãe”, reagirá o pai de Ema (Agatha Moreira). “Não há nada que você possa fazer contra ele. O homem que me violentou está morto. É meu falecido marido, Osório, o pai de Camilo”, lamentará a viúva.

“Nunca me entreguei a ele consensualmente. Mas Osório era sádico: quanto mais eu me debatia, mais ele gostava. Vivia machucada, mas escondia de todos porque tinha vergonha, medo. Com o tempo parei de resistir. Ficava parada, muda. Pelo menos esse gosto não dava a ele. Foram anos a fio”, contará a mulher.

“Eu o vejo e me vem o desejo do seu toque, de ser beijada, acarinhada, mas não consigo. Quem quer uma mulher assim?”, avaliará Julieta. “Assim como? Linda, inteligente, digna? Uma mulher poderosa e forte e ainda capaz de reconhecer e sofrer por seus erros, como fez com Camilo? Eu quero você para minha vida toda. Do jeito que puder te ter. Do modo que te fizer feliz”, rebaterá Aurélio.

 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio