Orgulho e Paixão: Fani é questionada por Ernesto e demonstrará ressentimento com família

Publicado há 3 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Fani (Tammy Di Calafiori) parece mesmo que tem ressentimentos com sua família, em Orgulho e Paixão, da Globo. A jovem vai ter uma conversa com Ernesto (Rodrigo Simas), seu irmão, em que demonstrará não ter gostado de ter sido criada pela família de Rômulo (Marcos Pitombo).

“O senhor está precisando de alguma coisa?”, perguntará. “Para com isso, Fani! Chega! Olha nos meus olhos e me trata como o teu irmão!”. “Mas o senhor não é mais meu irmão”, argumentará. “Do que você está falando?”, indagará Ernesto. “Estou falando que eu vim pra essa casa quando nova e fui adotada pela família do Almirante”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Julieta diz que Jane não é mulher para Camilo e deixa Elisabeta revoltada, em Orgulho e Paixão

“Que besteira! Você veio porque dona Delfina se encantou com você e quis te ajudar e…”. “E me ensinou a ler, a escrever e cuidou de mim como uma pessoa da família. E foi o Almirante quem permitiu isso tudo”.

“Aquele homem é um crápula, ele te trata como se fosse…”. “Como se eu fosse uma pessoa pra quem ele dá moradia, comida e trabalho? Então, me trata melhor do que os seus pais jamais trataram”. “São seus pais também e eles te amam”, rebaterá o rapaz.

“Eu aprendi outra coisa aqui na Mansão do Parque. O amor é uma ilusão. Uma ilusão que criamos pra nos sentir bem”. “Então, quer dizer que você não ama ninguém? Pois vou te fazer o favor de ir embora dessa casa. Assim você não me vê mais e eu não vejo mais o quê a minha irmã se tornou”, concluirá. Na sequência, Fani, deixará uma lágrima cair.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio