Orgulho e Paixão: Elisabeta recupera pasta com provas falsas que a incriminam

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Orgulho e Paixão, na Globo, Elisabeta (Nathalia Dill) sofreu muito nos últimos capítulos. Foram produzidas provas falas contra ela, com o intuito de separá-la de Darcy (Thiago Lacerda). Com isso, ficou de mãos atadas e obrigada a aceitar as condições das vilãs Susana (Alessandra Negrini) e Margareth (Natália do Vale). Mas, agora, as coisas vão mudar porque a protagonista vai recuperar o material que a colocaria atrás das grades. Confira.

“Corpinho lindo, Ernesto??? Essa também?”, falará Ema, ao ouvir Susana cantando Ernesto. O casal estará ajudando Elisabeta a tomar as provas da vilã e de Petúlia. Ernesto tentará se defender: “Agora tenho culpa pelo que as loucas dizem?”, falará. “Susana saiu pelo outro lado!”, dirá Ema, assim que Darcy e Elisabeta chegarem.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Lídia aceita se casar com Randolfo, em Orgulho e Paixão, na Globo

“Deixe que vá! Está desesperada e é capaz de tudo. Além do mais, não precisamos mais dela!”, minimizará Darcy. “As provas contra mim e Ernesto estão no melhor lugar do mundo: aqui!”, afirmará Elisabeta sacudindo a pasta. O fim da cena será muito emoção, com todos celebrando aliviados o fim da chantagem de Lady Margareth.

Ainda em Orgulho e Paixão

Em Orgulho e Paixão, na Globo, Luccino (Juliano Laham) foi expulso de casa pelo pai, Gaetano (Jairo Mattos). O patriarca dos Princelli encontrou ele em um momento íntimo com Otávio (Pedro Henrique Müller), no quarto, e não quis saber de conversa. Agora, em um papo com o capitão, o rapaz rejeitará a proposta de fugir do Vale do Café e começar uma vida juntos. Confira.

“Estou sendo tolo? Entendi tudo errado? Me dei importância demais, eu sou uma besta, devia…?”, perguntará Otávio, logo após propor de se mudarem. “Pare de tagarelar, está me deixando tonto”, reagirá Luccino. “Quero um resposta! Se bem que acho que você já respondeu… Estou fazendo papel de bobo…”, pressionará.

“Tudo que eu queria agora era dizer sim. Me importo com você mais do que jamais me importei com outra pessoa. Mas saber que quer jogar fora seu futuro por minha causa… Não posse te deixar fazer isso”. “E se meu futuro for você, Luccino?”, indagará. “Ninguém é o futuro de ninguém. Muito menos eu”, responderá.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio