Orgulho e Paixão: Darcy pede perdão a Charlotte de joelhos e chora

Publicado há 3 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Orgulho e Paixão, na Globo, Darcy (Thiago Lacerda) percebeu que pisou na bola com Charlotte (Isabella Santoni) quando pagou para que Uirapuru (Bruno Gissoni) a deixasse. A irmã, claro, não gostou nada e se mostrou muito decepcionada com o galã. Porém, incentivado por Elisabeta (Nathalia Dill), ele vai pedir perdão. Confira.

“Estou lendo meu diário. Lembrando o quanto sofri achando que Uirapuru foi embora depois de ter conseguido o que queria comigo porque era só pra isso mesmo que eu servia”, dirá Charlotte. “Você sabia que eu havia pressionado ele para terminar o relacionamento com você”, rebaterá Darcy.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Após se casar com Jane, Camilo perde o emprego e se embriaga, em Orgulho e Paixão

“Mas sempre creditei o fato dele ter ido embora à fraqueza do amor que ele sentia por mim, ou à falta de caráter de Uirapuru ao me abandonar após me seduzir e me levar para a cama”. “E o que mudou com a informação de hoje?”. “Como assim?! Você pagou pra ele me deixar!”. Perguntará indignada. “O que o impediu de recusar?. “Uirapuru nunca teve dinheiro. Era filho de um funcionário de papai. E também era jovem. Como não ficaria tentado com o dinheiro?”, defenderá.

“Um homem de caráter não faria o que ele fez. E caráter é uma coisa que ele nunca teve. Eu acompanhava a vida de Uirapuru, Charlotte. Éramos amigos. Ele sempre foi galanteador, um homem de muitas mulheres e aventuras. Mais do que isso, de índole duvidosa. Tivemos alguns desentendimentos por sua causa, eu o alertei de que não explorasse, que não abusasse de sua inocência. Ele desconversava. Quando senti que ele poderia passar dos limites com você, e que você estaria disposta a segui-lo, ofereci dinheiro. Sim, ofereci”.

“Você deveria ter sido claro comigo, me contado! E eu tomaria a decisão sobre o meu namorado. Eu preferia ter sofrido tudo por minha conta e não por sua culpa”, insistirá. “Acho que de todos os meus erros, esse foi o pior. Eu devia mesmo ter te falado na época quem era Uirapuru. Mas quis te poupar da dor de ter se apaixonado por um crápula. Mas, minha irmã, ele não te largou por causa do dinheiro que lhe dei, você não entendeu isso? Basta ver tudo que ele fez com Mariana e Lídia depois”.

“Isso é o que se deu na vida delas! Estou falando da minha! Comigo poderia ter sido diferente. O quanto Uirapuru não se tornou ou permaneceu um canalha por ter aceitado seu dinheiro? Pelo que ele sofreu, pela culpa que carregou depois de me largar não por falta de amor, mas por ter se vendido?”.

“Você não pode acreditar no que está dizendo… Ele foi embora porque não queria assumir a responsabilidade do que fez. Porque queria aproveitar os prazeres da vida. Eu ofereci dinheiro a ele antes que ele desonrasse a adolescente que você era. E o canalha tomou o dinheiro, te levou pra cama e só aí foi embora, você entende? Lamento, Charlotte. Quando dei dinheiro para ele se afastar… achei que tivesse comprando sua paz”.

“Pois comprou minha guerra particular!”, rebaterá deixando Darcy emocionado. E, então, se ajoelhará e abraçará as pernas de Charlotte. “Acredite ao menos no meu amor de irmão. Eu nunca iria me perdoar se não tivesse feito nada! E depois visse você ser maltratada e humilhada por um calhorda! Perdão, Charlotte”. “Te perdoar é fácil, Darcy. Mas a confiança que construímos juntos a vida inteira… Essa acho que perdemos”, dirá ela, fazendo o irmão chorar.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio