Orgulho e Paixão: Camilo se emociona em conversa com Julieta sobre sua origem

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de Orgulho e Paixão, Camilo (Maurício Destri) estava disposto a descobrir todo o passado de sua mãe, Julieta (Gabriela Duarte), mas ficará impressionado ao saber de toda a história que envolve o seu passado de dor. A Rainha do Café irá até a igreja para confessar seus pecados, mas sem ela saber, quem estará dentro do confessionário ouvindo tudo será Camilo. O rapaz descobrirá mais detalhes sobre a vida de seu pai, que já morreu e inclusive que sua mãe Julieta, foi estuprada por seu pai e ele é fruto de tamanha violência.

Leia também: Camilo surpreende e pede perdão a Julieta

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na fazenda Ouro Verde, Camilo está com Julieta, Jane (Pâmela Tomé) e Aurélio (Marcelo Faria). “Estou aqui, despida de meus conceitos, de minhas dores e traumas, não mais como a viúva de Osório ou como a Rainha do Café. Mas como sua mãe. A mãe que te botou no mundo. E que te ama incondicionalmente. E estou pronta pra te expor minha alma de uma vez por todas. Você está pronto?”, questionará Julieta.

Camilo hesita entre sua emoção e a dor. Jane toca gentilmente o braço de Camilo num gesto de encorajamento, se aproxima de Aurélio, trocam um sorriso gentil, ele assente e entrega a mão de Julieta para Camilo, que ampara a mãe. Aurélio e Jane saem. Camilo ajuda Julieta a sentar-se.

Leia também: Julieta sofre acidente e Camilo se desespera

A esperada conversa…

Os dois se sentam e iniciam a conversa bastante emocionados, Camilo pede perdão para a mãe, mas ela afirma que ele quem deve perdoa-la. “Não. Se alguém tem que pedir perdão, sou eu… Por ter escondido nossa história de você todos esses anos. Mas também como dizer pra pessoa mais preciosa de minha vida que ela é fruto de uma violência?”, diz Julieta. “É a pior sensação com a qual já me deparei. (CHORA) Me sinto impuro, sujo, indesejado. Uma aberração, mãe! Era por isso que a senhora mal me tocava quando eu era criança? A senhora olhava pra mim e via meu pai, não era isso?”, pergunta Camilo tentando conter o choro. Julieta pede ao filho para que não repita mais as palavras e começa a chorar.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio