Órfãos da Terra chega ao 100º capítulo e as autoras realizam balanço da trama

Publicado há um ano
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta sexta-feira (26), Órfãos da Terra, trama das 18h de Duca Rachid e Thelma Guedes, chega ao seu 100º capítulo. As autoras do folhetim falaram sobre o sucesso do enredo que fala sobre a vida de refugiados que vieram ao Brasil.

“Poder colocar a questão do refúgio na mesa, na pauta do dia a dia do público, provocando empatia, era um desafio pra gente e estamos felizes com o resultado”, declarou Rachid em entrevista ao jornal Extra.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“O horário das seis faz com que tratemos essa questão e todas as tramas da novela de forma mais leve, suave, mas está posto. A dedicação e o compromisso, independente do horário em que a novela vai ao ar, é o mesmo pra gente”, seguiu a escritora.

Com relação à morte de Aziz (Herson Capri), Thelma declarou que foi necessário para que Dalila (Alice Wegmann) tivesse espaço. “Os dois personagens tinham a mesma função dramática na trama”, destacou.

“Esse vilão, brilhantemente defendido por Herson Capri, deixou ‘uma semente do mal’ que permitiu à história seguir adiante. O mistério sobre sua morte não está suspenso. Ele será retomado em breve e envolverá vários personagens da trama”, revelou a profissional.

Contudo, sobre Laila (Julia Dalavia), sobram elogios. “Foi combativa desde o princípio: ela é corajosa e obstinada. Ela ainda vai se engajar na luta pelas mulheres refugiadas, que sofrem ainda mais do que os homens em situação de refúgio”, analisou.

E vai lutar pelo seu amor, seu casamento e seu filho até o fim, protegendo-se contra os ataques de Dalila à sua própria integridade física”, disse, enfim, Guedes.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio