Tiago Leifert prevê que o Big Brother Brasil ainda terá muitas edições pela frente

Após entrar para o Guiness na edição passada, o BBB se renova e surpreende a cada edição

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após a vigésima edição do BBB, exibida em 2020, entrar para o livro dos recordes com a maior votação da história dos Realities: Felipe Prior foi eliminado com 1.5 bilhão de votos, em um paredão disputado com Manu Gavassi e Mari Gonzales.

Segundo o site O Dia, a expectativa para a edição que inicia-se na segunda-feira (25) está nas alturas. O BBB 21, que já está conhecido como o Big dos Bigs”, promete ser a maior e melhor edição do programa, que desde 2001 é realizado pela Rede Globo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

E essa expectativa não vem somente do público. O apresentador Tiago Leifert acredita que “Tenho certeza que o Big Brother Brasil é um produto com vida longa. O ‘BBB 20’ consolidou anos de evolução do jogo e preparou o terreno para muitos e muitos anos de histórias”, diz ele, prevendo muitas outras edições além da que estreia ainda neste ano.

Para outro importante membro da equipe, o diretor Rodrigo Dourado, o BBB já tem um público cativo que já o considera um programa de família. Vale lembrar que, devido ao isolamento social causado pela pandemia do novo Coronavírus, a audiência do programa na última edição aumentou consideravelmente.

Além de ser um programa de entretenimento, o BBB 20 trouxe à tona discussões como racismo e machismo, que ecoaram muito além do público da atração, sendo destaque e levantando debates sérios em todo o país. Nesta edição, a TV Globo apostou em um elenco com mais diversidade: dos vinte participantes, 9 são negros, outro feito inédito na história do BBB.

A cobertura completa do BBB 21 você confere no Observatório da TV!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio