O Tempo Não Para: Sem perder tempo, Betina beija Samuca

Publicado há 2 anos
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Betina (Cleo) mostrará que não esqueceu Samuca (Nicolas Prattes) completamente. Ao descobrir que o fundação da Samvita, foi deposto de seu cargo na empresa no qual fundou, a empresária tentará reconquistar o grande amor de sua vida.

Betina tentará se desculpar em relação ao afastamento dele da empresa. Mas o filho de Carmen dirá que ninguém tem culpa em relação ao incidente consumado. “Ninguém tem culpa. Você foi tão vítima quanto eu disso tudo”, pontuará Samuel. “Eu nunca me senti tão humilhada naquela cadeia. Tão devassada, sabe? E ainda tô assim, exposta. É como se o mundo todo me cobrasse uma explicação que eu não tenho pra dar”, relatará Betina. “Bem-vinda ao clube”, completará Samuca. “Também nunca me senti tão sozinha, mas o pior de tudo, pra mim, é te ver assim, nesse estado. Eu te conheço, sei que você tá segurando a barra de todo mundo, querendo ser forte. Que rompeu o noivado com a Marocas e tá tão sozinho quanto eu”, confessará Betina, que em seguida beijará o jovem.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Barão paga a fiança para soltar Zelda

Somente amigos…

Samuca não gostará da reaproximação de Betina, já que está apaixonado por Marocas (Juliana Paiva). “Betina, isso não podia ter acontecido. Não é isso, a gente pode ser amigo. Só que não vai rolar mais nada além disso”, concluirá o ex genro de Dom Sabino (Edson Celulari). “Eu já entendi. Você tem toda razão, é que eu tou carente, você tá carente, eu não resisti. Não vai mais acontecer, a gente tem que aliar as nossas forças para retomar o controle da nossa amada empresa. Quem fez tudo o que a gente já fez juntos, consegue qualquer coisa”, despeitará a vilã, deixando Samuca sem entender nada.

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio