O Tempo Não Para: Samuca pretende descobrir quem foi o mandante de seu atentado: “Quem pode querer me matar?”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Samuca (Nicolas Prattes) fará de tudo para descobrir quem está por trás de seu atentado. Em conversa com Waleska (Carol Castro), o jovem dirá que descobrirá quem encomendou a sua morte. “Quem pode querer me matar? Todo mundo tem desafetos, ainda mais no mundo empresarial. Sempre um querendo devorar o outro, mas o jogo é diferente, nunca corri risco de vida. Quer dizer, já corri, sim… Quando surfei aquelas ondas gigantes na Califórnia, uma maverick de 20 metros. Mar escuro, água gelada e o fundo é cheio de coral, corta que nem navalha”, explicará Samuel.

Waleska ficará encantada com o relato do jovem. “Falando sério. O Elmo (Felipe Simas) me contou. Cê levou ele pra surfar pelo mundo inteiro com você”, acrescentará Wal. “O Elmo é meu brother, meu chapa e se der ruim é sempre bom ter o seu melhor amigo por perto”, concluirá Samuca.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Amadeu se prepara para se tornar pai: “Não posso perder nem um minuto”

Determinado…

Waleska lembrará Samuca de que ele construiu um império. Mas ele lembrará com tristeza de que está fora da Samvita. “Você construiu um império!”, afirmará Waleska. “E perdi. Agora o meu foco é a empresa nova, a Miudeza”, acrescentará o filho de Carmen (Christiane Torloni). “É bom que cê esteja vivo, Samuca, bem vivo”, sentenciará Waleska. Samuca revelará para a guarda-costas que quer descobrir quem é o real mandante de seu atentado. “Digamos que eu não gosto da ideia de sofrer mais um atentado, mas se tem outra pessoa por trás da sabotagem da minha moto, eu vou descobrir. Isso não vai ficar assim, não vai mesmo!”, finalizará Samuel, com determinação no olhar.

Leia também: Carmen salva Dom Sabino de uma confusão

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio