O Tempo Não Para: Samuca ‘perdoa’ Bento: “Obrigado por ter cuidado da minha noiva”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Samuca (Nicolas Prattes) descobrirá que Bento (Bruno Montaleone), na verdade, é uma boa pessoa. Depois de  deixar Marocas (Juliana Paiva) repousar na casa de Helen (Rafaela Mandelli), após ela ser dopada por Betina (Cleo), o filho de Carmen (Christiane Torloni) conversará com o jovem do século 19. “Com que então o senhor é o capitalista que comprou o coração da minha noiva?”, relatará Bento. “Cara, cê não fala coisa com coisa, né?”, sentenciará Samuca.

Leia também: Na balada, Betina coloca sonífero no suco de Marocas

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Bento revelará para Samuca como conheceu a jovem Marocas. “Ah, foi um dia de flores e perfumes! Era uma manhã radiosa, eu me banhava no rio com meus confrades, os saudosos Baldão, o Lumeiro, o Pascoal Vito… de repente, vi uma ninfa dos bosques. Uma deusa! De pele acetinada, olhos de mel, e formas de Vênus Calipígia! Entre Marocas e eu, foi amor à primeira vista!”, pontuará o poeta. “Pelo que eu sei, ela viu você pelado no rio”, questionará o dono da Samvita. “Eu estava de ceroulas! Acho que quem estava nu era o Bonifácio Tadeu, com o Badaró e os outros da Bucha! Maganões! Bons amigos, mas sobremaneira irreverentes!”, dirá o rapaz. Samuca o questionará em relação a palavra ‘Bucha’. “A sociedade secreta dos estudantes da Academia de Direito!”, acrescentará Bento.

Um belo rapaz

Após contar um pouco sobre o seu ‘quase’ casamento com Maria Marcolina, Bento revelará para Samuca porque embarcou no Albatroz. “Para abafar o escândalo, Dom Sabino pegou a família, mala e cuia, e zarpou para o Velho Mundo! Antes teve a ideia de passar pela Patagônia, para conhecer o caminho de Darwin e o navio soçobrou. Depois não lembro de mais nada. Trabalhava para pagar a passagem, foi uma coincidência. Eu jamais esperaria encontrar Marocas no navio, muito menos Dom Sabino!”, concluirá o doce rapaz. “Mas por que você embarcou no navio?”, perguntará Samuel.

“Porque eu desgracei o nome de Marocas. Por minha causa, ela ficou falada na Corte, teve a reputação arruinada. Só me restava exilar-me numa terra longínqua”, concluirá o jovem. Samuca ficará tocado pela atitude do rapaz e antes de apertar a sua mão, ele o agradecerá. “Obrigado por ter cuidado da minha noiva”, concluirá o jovem empreendedor.

Leia também: Coronela expulsa Miss Celine da pensão

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio