O Tempo Não Para: Samuca coloca o pai contra a parede: “Você planejou tudo desde o início”

Publicado há 2 anos
Por Clara Ribeiro
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Samuca (Nicolas Prattes) irá confrontar o sei pai, Livaldo (Nelson Freitas), já que o malandro alega na justiça ser o criador de um adubo que deu origem a Samvita.

Leia mais: O Tempo Não Para: Carmen fica com ciúme de Dom Sabino: “Se você sair agora, não precisa mais voltar!”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Você planejou tudo desde o início, não foi? Você queria desviar a minha atenção com esse papo de pai e filho de querer se reaproximar de mim… O que você queria era entrar na Samvita e quebrar com a empresa, como você tá fazendo agora… tomando pra você a patente do adubo Vitae… Cê tá fazendo isso tudo por dinheiro!”, dirá Samuca, decepcionado.

Mas Livaldo insistirá sobre a criação do adubo. “A ideia original do adubo é minha, Samuel… e você sabe disso”, concluirá o malandro. Mas Samuca não baixará a guarda para o seu pai, afinal, foi ele que criou o adubo.

Leia mais: O Tempo Não Para: Incrédulo, Samuca descobre que seu pai o traiu: “Meu pai nunca faria isso comigo”

“Quem desenvolveu o adubo fui eu… Com a ajuda e o investimento da minha mãe… Ela vendeu a única coisa que a gente tinha pra ajudar nas pesquisas, aquele carro velho. Ainda assim você acha mesmo que é o dono do adubo”, confidenciará o jovem.

“Eu sou… Eu registrei a primeira patente, antes da sua mãe me mandar embora!”, finalizará o esperto. Mas Samuca não deixará por menos.

Leia mais: O Tempo Não Para: Após roubar o museu, Lalá entrega as joias de Cesária para Mariacarla

Pai pilantra

Samuca concluirá que o pai só voltou para o destruir. “O adubo é patente minha, tá no meu nome… E eu liberei a fórmula pro mundo inteiro… Foi a melhor coisa que eu podia ter feito… Você não tem nada a ver com isso… Você sumiu no mundo. Que bela maneira de demonstrar o seu amor… tentando destruir a empresa que eu criei”, concluirá o jovem, com decepção na fala.

“Quero provar pra você que eu não sou o bandido dessa história… A bandida de verdade é a Carmen!”, bradará Livaldo, mas Samuca não deixará barato. Ele pegará o pai pelo colarinho e o colocará em seu lugar.

“Você não vai falar assim da minha mãe!”, concluirá o jovem, já sem paciência.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio