O Tempo Não Para: Samuca ameaça o próprio pai: “Você não vale a surra que eu devia te dar”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Samuca (Nicolas Prattes) irá confrontar o pai, Livaldo (Nelson Freitas), após descobrir que o malandro está processando-o por uso indevido de um adubo, que ele diz ter criado.

Mas a verdade, quem criou o adubo que deu origem a Samvita, foi Samuel, e não o seu pai. “Quer saber?… Você não vale a surra que eu devia te dar”, dirá Samuel, segurando o pai-pilantra pelo colarinho.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia mais: O Tempo Não Para: Marocas conforta Samuca: “Sorria, meu amado: Temos um teto, temos um amanhã”

“Você não ia ser capaz de bater no seu pai”, dirá Livaldo, se soltando do filho. “Você não vale nada”, acrescentará Samuel, com decepção na fala. “Cê tá sendo injusto… A Carmen fez a sua cabeça direitinho”, bradará Livaldo.

Mas Samuel não deixará barato. “Você nunca mais fala mal da minha mãe na minha
frente… Eu já entendi tudo que eu tinha pra entender”, concluirá o rapaz, com decepção na fala.

Leia mais: O Tempo Não Para: Cesária descobre que suas joias foram roubadas: “Mas não pode ser”

Malandro

Livaldo revelará ao filho que não quer acabar com a reputação de seu primogênito.

“Não quero acabar com você, muito menos com a sua empresa… Só quero o que é justo. A Carmen sempre me tratou como um lixo, nunca me deu o devido valor… Agora quero o que é meu por direito”, sentenciará o malandro.

“Isso a justiça vai dizer. Presta atenção… Esquece que eu existo… de verdade!… Não quero nunca mais ter que olhar pra sua cara!”, concluirá Samuca, com lágrimas no olhar, e decepção na alma.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio