O Tempo Não Para: Padre abandona confessionário e deixa Agustina falando sozinha

Publicado há 2 anos
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Agustina (Rosi Campos) irá se confessar com o padre Luís e revelará que Carmen (Christiane Torloni), não está grávida de Dom Sabino (Edson Celulari). “Finalmente ela confessou que não está esperando, padre! É uma dissimulada! Está enganando meu esposo descaradamente!”, acrescentará a mulher do século retrasado. Logo depois padre retrucará a mãe de Marocas (Juliana Paiva), que também está mentindo para Dom Sabino e está simulando uma gestação. “E a senhora não?!”, acrescentará o religioso posteriormente. “Por favor, não me compare! É completamente diferente”, sentenciará Agustina, tentando se justificar. “Só estou tentando chamá-la à razão”, acrescentará o padre, sem graça afinal. Mas, Dona Agustina pedirá para o padre não a interromper. “Não me interrompa, padre, estou em plena confissão… Posso prosseguir?”, pedirá Agustina. “Como queira, dona Agustina”, dirá o padre que sairá do confessionário e a falando sozinha.

Leia também: Samuca relembra o primeiro encontro com Marocas

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Falando sozinha…

A princípio, sem perceber a ausência do padre, a velha senhora continuará falando. “Eu tive ganas de estrangular aquela mulher! O sangue me subiu à cabeça… Tive calores, minha mente ficou turva… Eu só pensava em desmascará-la e livrar meu marido das garras daquela Salomé decotada. O senhor já viu as calças coladas ao corpo que ela usa? O tecido elástico é mais revelador que os três segredos de Fátima! Os braços nus, o colo exposto… aquela mulher é da linhagem de Dalila, herdeira de Jezebel! Uma concubina de Herodes!”, concluirá Agustina, que falará sozinha. O padre estará sentado em um banco, exausto. Ela não perceberá a ausência dele. No desconforto do sacerdote.

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio