O Tempo Não Para: Mariacarla não vê a hora de se livrar de Amadeu: “Não suporto mais aquele velho nojento”

Publicado há 2 anos
Por Redação
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Emílio (João Baldasserini) pedirá para Mariacarla (Regiane Alves) acatar os seus pedidos, pois em um futuro próximo, ela não irá se decepcionar. É que o grande plano dele é se casar com Marocas (Juliana Paiva); e dar o golpe do baú nos congelados. “Cê tem que pensar macro, Mariacarla… Olhe o quadro como um todo. Maria Marcolina!… Que obra prima!”, dirá Emílio, mostrando a Mariacarla um quadro com um desenho de Marocas. “Tristan de la Fontaine… Um pintor que ninguém conhece… Valor zero”, responderá a advogada, com um tom de ironia no ar, em relação ao pintor que desenhou Marocas na tela. “Esse quadro é valiosíssimo, minha querida!… Pra nós dois… Você sabe… A Marocas vai ser minha”, rebaterá Emílio, se referindo a se casar com a filha de Dom Sabino (Edson Celulari).

Leia: O Tempo Não Para: Zelda passa por apuros na quitinete de Igor: “Onde eu fui acabar!”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Todos contra Amadeu em O Tempo Não Para

Mariacarla ficará curiosa em relação ao próximo passo do plano arquitetado por Emílio de passar Amadeu (Luiz Fernando Guimarães) para trás. “Mas enquanto isso… Ainda não entendi o que você quer que eu faça”, questionará a advogada. “Quero que você me ajude a cercar o Amadeu Baroni… Vamos encher o velhote de ameaças por todos os lados”, completará Emílio. Mariacarla dirá que não vê a hora de se livrar do velho rabugento chamado Amadeu. “Não suporto mais aquele velho nojento, Emílio”, concluirá Mariacarla. “Calma… A gente vai se livrar dele… Antes
do que você imagina… Chegou a hora do grande tubarão branco deixar de ser predador… pra virar presa!”, finalizará Emílio, com um tom sombrio na fala.

Leia: O Tempo Não Para: Elmo diz para Marocas que Samuca e Waleska estão juntos

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio