O Tempo Não Para: Emílio diz para Mariacarla que após casar com Marocas, ela será a sua amante

Publicado há 2 anos
Por Fabio Augusto
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Emílio (João Baldasserini) revelará sua vontade para Mariacarla (Regiane Alves). Ele afirma que o próximo desejo dele é casar com Marocas (Juliana Paiva). A intenção é dar o famosos golpe do baú na congelada.

“Calma!… Não precisa ficar nervosinha”, pedirá Emílio, ao ver a fúria de Mariacarla ao descobrir o novo plano dele. “Você ainda não me viu nervosa!”, acrescentará a advogada. “Por que toda mulher fala isso quando tá nervosa?”, questionará o machista.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Entretanto, a moça relatará para Emílio que a maioria dos homens são cretinos, pois desejam ter todas as mulheres do mundo.

“Talvez porque os homens sejam cretinos a ponto de estarem na cama com uma, dizendo que desejam outra”, indagará Mariacarla.

Leia mais: O Tempo Não Para: Miss Celine e Marocas resgatam Cairu da rua

Emílio quer dar golpe em Marocas

Emílio lembrará Mariacarla que Marocas é muito mais que uma mulher, e sim, uma mina de ouro. “Peraí, a Marocas não é uma mulher…É um seguro de vida. Meu amor, a Marocas vai ser apenas minha esposa. Enquanto você, além de amante, será minha sócia”, revelará Emílio, deixando um tom sombrio no ar.

“É uma forma de se ver as coisas”, acrescentará, então, a sócia de Emílio. “Confia em mim… A gente chegou até aqui juntos… O que você tem comigo é muito mais seguro e lucrativo do que qualquer relação conjugal…, concluirá o bacharel, que beijará Mariacarla em seguida.

Além disso, a advogada alertará o sócio em relação ao seu caráter. “Pisa em falso comigo pra você ver se eu não acabo com a tua raça”, finalizará a loira.

Leia mais: O Tempo Não Para: Dom Sabino relembra o primeiro encontro com Eliseu: “Eu parecia um elefante solto numa loja de cristais”

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira. O texto tem a colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati. A direção artística é de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio