O Tempo Não Para: Dona Agustina sente falta do passado: “Às vezes desperto pela manhã e penso estar em nossa antiga casa da Freguesia”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Marocas (Juliana Paiva) perceberá uma melancolia no olhar de sua mãe. A jovem perguntará a matriarca da família Sabino Machado, o que realmente está acontecendo.

Leia: O Tempo Não Para: Barão diz para Betina que Samuca o confrontou

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dona Agustina (Rosi Campos) relatará que Mariacarla (Regiane Alves) relatou que acharam os destroços do navio Albatroz. “Pois bem, ela (Mariacarla) trouxe-nos a notícia de que foram encontrados os destroços do Albatroz… Há grande chance de seu pai ter em mãos em breve a apólice do seguro… Enfim, nossa fortuna parece estar próxima de ser resgatada… Ou parte dela”, declarará Agustina.

Saiba mais: O Tempo Não Para: Amadeu debocha do trabalho de Dom Sabino: “Catador de lixo fazendo carreto na Freguesia do Ó”

Marocas revelará para a mãe que essa notícia é ótimo. E não entende o motivo de sua tristeza. “Não entendo… Essa é uma excelente notícia… Afinal, nossa família poderá viver sem sobressaltos novamente, sem depender da generosidade alheia… E também retribuir a todos que nos ajudaram… O que há de errado, mamã?”, indagará a jovem. “Tudo, minha menina, tudo”, afirmará a mulher do século 19.

Saudade do passado

Agustina revelará para a filha que sente muita falta de seu antigo lar e de sua rotina do século retrasado. “Às vezes desperto pela manhã e penso estar em nossa antiga casa da Freguesia… Chego a sentir o cheiro do pão saindo do forno… Do café coado, fresquinho… O cheiro do mato… Ouço o gorjeio da passarada… E sinto-me tão feliz… Mas logo passa… Porque dou-me conta de que tudo aquilo acabou… Não há mais nada… Nem a fazenda, nem os animais… Não há mais o ar puro, a paz… Os costumes, a decência, a fé… É um tempo perdido… Que existe apenas nos meus sonhos”, dirá uma Dona Agustina emocionadíssima.

Marocas tentará confortar sua mamã. “Minha mãe… Eu a entendo… O tempo não voltará… senão em nossas melhores lembranças… Mas o mais importante ainda resiste: mesmo depois de mais de 100 anos, nossa família continua unida… No mesmo amor… No mesmo afeto… E até nas mesmas rusgas… Cá estamos… Tão longe de casa… Mas tão perto ao mesmo tempo… Os Sabino Machado continuam juntos!… E nada há de nos separar!… Jamais!”, concluirá Marocas, abraçando sua mãe em seguida. As duas ficarão emocionadas.

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio