O Tempo Não Para: Dom Sabino revela para as filhas que elas têm um irmão: “Minhas amadas filhas, minhas três Marias… Vocês têm… um irmão”

Publicado há 2 anos
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Dom Sabino (Edson Celulari) revelará para suas filhas, de que elas têm um irmão. “Nós reunimos a família porque Dom Sabino tem um comunicado importante a fazer. Diga logo, Sabino… Estão todas esperando”, relatará Dona Agustina (Rosi Campos). “É algo muito delicado”, pontuará Dom Sabino, ao ser cortado por Marocas (Juliana Paiva). “Um momento… Meu pai, antes eu gostaria de lhe falar”, dirá a jovem.

Veja também: O Tempo Não Para: Dom Sabino diz para Dona Agustina que é pai de Cecílio: “Eu sempre soube de tudo, Sabino”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Minhas amadas filhas, minhas três Marias… Vocês têm… um irmão, Cecílio”

Mas Dom Sabino contará logo o seu segredo, que na verdade, todos sabem. “Por favor, Marocas, eu devo pedir que me escute, e depois eu a ouvirei de bom grado… O que tenho a dizer está guardado há tempo demais, e não foi fácil remexer em um assunto tão doloroso… Eu tenho algo importante a revelar… Minhas filhas… Minhas amadas filhas, minhas três Marias… Vocês têm… um irmão, Cecílio”, sentenciará Dom Sabino, com menos uma preocupação nas costas.

“Então o Cecílio é nosso irmão?”, dirá Kiki. “Por isso que ele é dá pá virada igual a
gente!”, completará Nico. Dom Sabino ficará feliz com a aceitação das filhas. “Eu também tenho muito apreço por Cecílio… Sempre tive, um carinho de irmã… Agora sei porquê”, pontuará Marocas, acalmando o coração de seu pai.

O passado de Cecílio

Marocas confrontará seu pai, em relação a verdade. Já que ele omitiu, ser pai de Cecílio. “O senhor não poderia ter omitido de nós algo tão sério. Mas pior do que isso foi negar a Cecílio o direito de saber quem era o pai. O pobre viveu enganado!”, acrescentará Maria Marcolina.

Então Dom Sabino revelará que não contou que era pai de Cecílio, por causa da época em que ele vivia. “Eu não podia fazer isso, minha filha.Eu tinha que respeitar os padrões de nossa época. Depois que a mãe dele morreu, eu fiz de tudo. Indira, a mãe de Cecílio, não morreu na nossa casa, Marocas… Morreu num levante. Então ela exigiu a liberdade em troca do filho… para lutar ao lado de quilombolas.

Porém, ela era voluntariosa, cheia de ódio pelo branco… Eu não poderia deixar meu filho se perder no mato, morrer num confronto. Então eu a conheci guerra, minha filha, e sei que não há vencedores. Porém, tempos depois, eu soube que ela foi morta ao invadir uma senzala no Cambuci, para libertar os escravos”, relatará Dom Sabino, emocionado.

“Cecílio ficou órfão?”, questionará Marocas.

“A mãe dele teve o fim que eu não queria para o meu filho..Ele era franzino, não teve o peito materno. Cesária cuidou dele, mas o pobrezinho quase não vingou… teve que ser amamentado com leite de burra..Cresceu mal e mal, não servia para a lida no campo… eu fiz dele um doméstico… Foi a forma que encontrei de ficar perto dele, de protegê-lo”, concluirá Dom Sabino.

“Meu pai… eu não sabia… Quanto sofrimento..Eu só posso apoiar o senhor. E o meu irmão”, finalizará Marocas, abraçando o seu pai.

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio