O Tempo Não Para: Dom Sabino fica furioso com o reencontro de Carmen e Livaldo

Publicado há 2 anos
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Carmen (Christiane Torloni) encontrará Livaldo (Nelson Freitas), pai de seu filho, Samuca (Nicolas Prattes) e seu grande amor do passado. A princípio, encontro será através de um aplicativo de internet chamado Dark Web. Mas, Dom Sabino (Edson Celulari) ficará com ciúme de sua amada, já que ela chamará o ex, de uma forma carinhosa. “Mas quem é Lilico?”, indagará Dom Sabino.

“É o Livaldo… Um apelido que a gente usava… coisa de namorados”, acrescentará Carmen, deixando Dom Sabino furioso logo depois. “Isso é mais do que eu precisava saber”, acrescentará Dom Sabino, com decepção na fala. “Sabino, não vai começar com ciúmes agora”, completará Carmen, já sem paciência.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Em conversa com Dom Sabino, Carmen revela que seu ex, Livaldo, era um viciado em jogo

Um estranho entre nós

Através do aplicativo, Livaldo chamará Carmen, de Carmencita, o que deixará Dom Sabino muito mais bravo. “Carmencita?! Carmencita?! Ah, não… Eu não sou obrigado!”, dirá o homem do século retrasado. “Sabino, por favor, controle-se! Você não prometeu que ficaria ao meu lado? Não diga bobagem… Você sabe que o Livaldo e eu temos um passado, do qual o Samuca é a prova material. Mas é isso, acabou”, acrescentará a empresária.

“Acabo de me arrepender! Decerto, eu dei minha palavra de que apoiaria o Samuel e você nas buscas pelo… por esse homem. Mas não imaginei que essa história envolvesse Lilico e Carmencita. Agora entendo o sentido de dark web!”, sentenciará Dom Sabino. “Meu amor, Lilico e Carmencita já eram. Vamos voltar pra minha sala… Ele não deve ficar em contato por muito tempo”, finalizará Carmen, mas sentindo o clima pesado do ambiente.

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio