O Tempo Não Para: Dom Sabino fica feliz com o trabalho do investigador particular: “A governanta homicida finalmente pagará pelo que fez!”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Dom Sabino (Edson Celulari) ficará feliz ao descobrir que o investigador particular do caso de sua filha, achou evidências contra Agnese. Já que a ex-criada dos Sabino Machado, quase matou Marocas (Juliana Paiva) envenenada a mando de Betina (Cleo). “Trago boas novas… A governanta homicida finalmente pagará pelo que fez!”, sentenciará Dom Sabino, a Carmen (Christiane Torloni), que também ficará feliz com a notícia. “Então acharam a prova?”, dirá a mãe de Samuca (Nicolas Prattes). “O frasco do maldito veneno… Mal posso acreditar que esse pesadelo chegou ao fim. Minha doce Marocas… Mais do que nunca, quero dar a ela um casamento de princesa”, acrescentará Sabino logo depois.

“Eu já tô contribuindo com o príncipe”, brincará Carmen, se referindo ao filho. “É isso mesmo que Samuel é… Um príncipe… Apesar do pai que tem”, acrescentará o homem do século 19, se referindo ao pilantra do Livaldo (Nelson Freitas), ex-marido de Carmen.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Lúcio se declara para Betina: “Eu tô apaixonado por você”

Um homem nobre…

Dom Sabino revelará a amada, que pretende contribuir com a sociedade, já que vem recebendo ‘amor’ de muita gente. “Decerto… Andei refletindo sobre a vida… Eu que já estive nas trincheiras e sobrevivi… Sofri um naufrágio, e renasci… aprendi que viver é uma dádiva a ser desfrutada ao máximo, dia após dia. Eu tenho recebido muito deste mundo… e agora estou disposto a retribuir”, concluirá Dom Sabino, emocionado. “Retribuir… de que maneira?”, perguntará a empresária. Mas Dom Sabino, fará mistério em relação a sua ação. “Ainda não sei… Mas irei descobrir”, finalizará o ex-marido de Agustina (Rosi Campos).

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio