O Tempo Não Para: Dom Sabino fica apreensivo com a chegada de seus filhos

Publicado há 2 anos
Por Clara Ribeiro
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Dom Sabino (Edson Celulari) revelará a Eliseu (Milton Gonçalves) que está preocupado em criar os seus filhos nesse novo século, nesse novo mundo.

Vale ressaltar que Agustina (Rosi Campos) e Carmen (Christiane Torloni), estão fingindo uma gestação, e Dom Sabino não sabe dessa história.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Quer dizer então que o senhor está preocupado com os seus filhos que vem aí?”, indagará o bom Eliseu.

“Deveras… Hoje, pela primeira vez desde que desembarquei nesta época, senti-me anacrônico… Nenhuma das futuras mamães me escuta… Só querem fazer o que lhes dá na telha”, acrescentará Dom Sabino, com preocupação na fala.

“Dona Agustina e dona Carmen são mulheres de muita opinião”, concluirá Eliseu, se referindo as ‘mulheres’ da vida de Dom Sabino.

Leia mais: O Tempo Não Para: Dom Sabino terá que se ‘dividir’ entre Carmen e Agustina

Papai no século 21

Dom Sabino revelará ao amigo que está com medo de criar as crianças nesse século, já que muita coisa mudou do século 19, para o século 21.

“Deixa eu ver se entendi… O senhor está com medo de não saber como criar um filho, nos dias de hoje? Meu amigo… Não precisa ter medo, basta ser quem o senhor já tem sido… Será um pai exemplar, eu tenho certeza… Olhe para suas filhas, são três meninas de ouro”, pontuará Eliseu.

“É exatamente isso… Suas palavras são um bálsamo… mas os tempos são duros”, concluirá Dom Sabino, com esperança na fala.

Eliseu relatará ao amigo que eles são companheiros de ‘longa’ data. “Não duvide do que eu digo… Porque eu já conheço o senhor muito bem… Vai dar tudo certo com esses bebês que vem aí!… Isso é tão claro como a luz do dia!”, finalizará Eliseu, o homem bom.

Leia mais: O Tempo Não Para: Samuca fica pobre novamente: “Não pode ser!”

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio